Kerry King: "sempre tivemos má reputação"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Cleveland Scene, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/02/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

D.X. Ferris, do site Cleveland Scene, entrevistou recentemente o guitarrista do SLAYER, Kerry King. Alguns trechos desse papo:

4789 acessosKerry King: revelando qual a sua música favorita do Metallica5000 acessosGuitarristas: os sete mais influentes de todos os tempos

Sobre a perseverança juvenil da banda: “Eu tento lembrar de todas as minhas experiências como fã e aplicá-las ao SLAYER. Acho que é por esse motivo que nossos fãs são tão dedicados”.

Sobre o fato de serem uma das poucas bandas tradicionais que nunca gravou um álbum com um vocalista diferente ou um guitarrista substituto: “As pessoas precisam de continuidade. Nós trocamos de bateristas, é claro, mas se você tirar músicos das posições principais, as pessoas vão pensar: ‘Bem, O SLAYER vem tocar aqui na cidade – quem está tocando na banda?’”

Sobre ainda fazerem shows tão intensos após uma carreira de mais de 20 anos: “Isso é o que as pessoas esperam de nós. E isso é o que esperamos de nós mesmos. Infelizmente, a primeira vez que vi o [JUDAS] PRIEST foi na turnê do ‘Point of Entry’. Eu tinha visto fotos deles todos vestidos em couro e com tachas e enfeites de metal. E aquela foi a única turnê da história na qual [Rob] Halford usou jeans. E eu não tinha ouvido o [IRON] MAIDEN antes, mas o MAIDEN abriu o show e eles massacraram o JUDAS. E, por isso, um pensamento sombrio nunca sai de minha cabeça: ‘Não posso deixar aquilo acontecer’”.

Sobre a possibilidade do SLAYER ser incluído na Rock and Roll Hall of Fame: “Se isso acontecer, será porque é realmente importante. Caso alguma banda deste gênero entrar, será o METALLICA, com certeza. Se entrarmos, vai ser algo que ninguém tinha pensado antes ou [devido à] pressão dos fãs. Eles não vão dizer ‘Vocês fizeram muito pela música, vocês mudaram as coisas pra caramba, vocês precisam entrar hoje’. Eu não espero essa baboseira. Sempre fomos uma banda de má reputação, os ‘caras maus’. A menos que você seja um fã, isso não é uma coisa boa”.

Leia o artigo completo (em inglês) no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kerry KingKerry King
Guitarrista revela qual a sua música favorita do Metallica

622 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores875 acessosBody Count: divulgado videoclipe de covers do Slayer742 acessosBody Count: veja o vídeo para "Raining Blood", do Slayer0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

Rock In PeaceRock In Peace
As mortes mais marcantes do Rock/Metal

Ellen JabourEllen Jabour
Slayer, Metallica, Guns e Judas no Top10 da modelo

SlayerSlayer
Fã faz intervenção durante protesto religioso nos EUA (vídeo)

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"

GuitarristasGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

HumorHumor
As 101 regras para ser um fã da NWOBHM

MetalheadMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

5000 acessosA Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo5000 acessosEm 03/02/1959: Buddy Holly, Ritchie Valens e Big Bopper morrem em acidente aéreo5000 acessosSimplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundo5000 acessosLed Zeppelin: por dentro do Boeing da banda nos anos 705000 acessosAC/DC: Brian May gostaria de ter feito parte do grupo4957 acessosGuns N' Roses: Izzy Stradlin faria apenas participações especiais, nada além disso

Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online