Judas Priest: Halford comenta a evolução da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mariana Rezende Goulart, Fonte: Rock My Monkey, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Uma entrevista com o vocalista do JUDAS PRIEST, Rob Halford, conduzida por Mark Carras do site RockMyMonkey.com em 26 de janeiro foi disponibilizada no site www.rockmymonkey.com. A seguir, alguns trechos da conversa.

Judas Priest: em 1990, a banda atingia seu ápice com PainkillerMotörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rock My Monkey: Como está indo o trabalho na nova metal opera "Nostradamus"?

Rob Halford: Nós estamos na fase de mixagem agora, naqueles momentos finais. Mas isso ainda é muito importante, porque uma mixagem pode facilmente fazer ou quebrar uma oportunidade. Então, estamos naquele mundo louco de mixagem, deixando certos todos os níveis e todos os aspectos de toda a enorme quantidade de informação que temos estocada, fazendo tudo ter sentido e fazendo soar maravilhoso. Estamos bem no prazo para o lançamento nesse ano. Nós não temos uma data de lançamento exata ainda. Estamos trabalhando junto com nossa gravadora, Sony BMG, para coordenar o melhor lançamento. Para qualquer grande banda, você precisa de uma quantidade enorme de planejamento, uma grande equipe de pessoas pelo mundo, para fazer o lançamento da maneira certa, por assim dizer. Então, quando tivermos a data de lançamento, postaremos com certeza no website do PRIEST. Mas, sim, estamos naqueles momentos finais, e mal podemos esperar para lançar o álbum para os fãs do PRIEST pelo mundo, e voltar à estrada, o que é algo que estamos esperando ansiosos desde que acabou a turnê. Amamos estar na estrada e tocar nosso metal e estar na frente de nossos fãs.

Rock My Monkey: Uma das minhas faixas favoritas de todos os tempos do JUDAS PRIEST é a faixa título de "Painkiller". Eu fiquei meio decepcionado que não havia nenhuma faixa totalmente agressiva como essa no "Angel Of Retribution". Haverá alguma dessas em "Nostradamus", ou vai prevalecer o estilo mais clássico do JUDAS PRIEST que você fez no "Angel Of Retribution"?

Rob Halford: Bom, eu acho que é sempre importante lembrar que o PRIEST em todos os anos que estamos juntos, nós estivemos muito determinados a dar a cada ábum sua própria definição e identidade. Como você sabe, nós temos muito desde "Rocka Rolla" até o "Angel Of Retribution", todas as centenas de músicas que lançamos. Eu acho que outra coisa em termos do quê nós nos propomos é que evitamos repetição. E isso é uma coisa fácil de se cair quando você tem um álbum comercialmente bem sucedido em termos de vendas e reconhecimento, como o "Painkiller" foi para nós. Mas eu acho que o "Angel Of Retribution" por exemplo, é um album muito poderoso, forte, com muitos elementos ótimos que nós amamos sobre o JUDAS PRIEST. Então, acredito que seus sentimentos são um dos que são expressados por milhões de fãs do PRIEST pelo mundo. Todo mundo é muito apaixonado por tudo que já fizemos. Há sempre uma ansiedade de talvez refocar em alguns de nossos momentos favoritos. Mas deixamos aqueles momentos guardados. Foi com esta grande variedade que conseguimos mais de três décadadas fazendo heavy metal. Estamos focados agora no esforço necessário para "Nostradamus".

Rock My Monkey: Quando teremos uma turnê completa do HALFORD ou do FIGHT, ou até um CD com material novo?

Rob Halford: Bom, eu tenho que cuidar do principal, que é a banda que eu amo mais que tudo no mundo, o JUDAS PRIEST. Como você sabe, eu estive fora da banda por muito tempo. Foi uma alegria absoluta pra mim voltar para a banda, voltar com meu amigos de banda que têm sido parte da minha vida. Nós temos sido uma parte das vidas uns dos outros por mais de 30 anos. E sim, "Nostradamus" precisa ser lançado, e uma turnê para apoiar esse momento precisa acontecer primeiro. Eu espero que em algum momento depois disso, nós sejamos capazes de produzir algum material novo do HALFORD. Nós colocamos algumas faixas no "Metal God Essentials, Volume 1". "Forgotten Generation" e "Drop Out" são duas faixas relativamente novas do HALFORD. Isso foi só para mandar um sinal da banda HALFORD, apesar de estarmos ocupados com nossas coisas, em caminhos separados. Roy Z está incrivelmente ocupado com projetos diferentes, assim como Mike D, nosso baixista. Metal Mike e Bob, nosso baterista, estão juntos com o projeto PAINMUSEUM, e eles sempre trabalharam com Sebastian Bach e algumas outras pessoas. Então, no final das contas, estamos todos trabalhando, fazendo metal, e isso é a melhor coisa para todo mundo.

Rock My Monkey: Você tem alguma opinião sobre como Tim Owen foi demitido do ICED EARTH para trazer de volta o vocalista original, essencialmente da mesma maneira que o JUDAS PRIEST deixou Tim ir para permitir sua volta?

Rob Halford: Bom, Tim, acima de tudo, era e continua sendo um grande fã do PRIEST. E ele é um cara fantástico. Ele estava tão animado quanto os milhões de fãs do PRIEST quando os rumores de uma reunião começaram, e ele foi o primeiro a dizer: "Rob precisa voltar, ele é o vocalista para o PRIEST. Eu tive um momento maravilhoso vivendo meu sonho com o PRIEST depois de ter vindo de uma banda tributo ao PRIEST para realmente estar na banda e na frente da banda por alguns álbuns e turnês mundiais." Ele é um cara muito legal e humilde. Ele aceitou aquele momento para se tornar real. É lamentável que ele entrou no mesmo ciclo novamente. Eu acho que ele é realista e determinado o suficiente para não deixar isso interferir em sua grande carreira. Ele tem sua banda BEYOND FEAR, é isso aí, sabe? Eu acho que quando a oportunidade veio para ele fazer o que fez pelo ICED EARTH, ele correu para ela, pois, novamente, ele é atraído pela banda e pelo estilo de música e performance. Ele é um vocalista maravilhoso. Eu desejo a ele o melhor pelo futuro do metal.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Judas Priest"


Judas Priest: em 1990, a banda atingia seu ápice com PainkillerJudas Priest
Em 1990, a banda atingia seu ápice com Painkiller

Judas Priest: "Breaking The Law" em comercial de companhia de seguros

Iron Maiden: Steve Harris não descarta possível turnê com Judas PriestIron Maiden
Steve Harris não descarta possível turnê com Judas Priest

Ozzy Osbourne: anunciadas, de novo, datas remarcadas de turnê com Judas PriestOzzy Osbourne
Anunciadas, de novo, datas remarcadas de turnê com Judas Priest

Megadeth: Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas PriestMegadeth
Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas Priest

Rob Halford: autobiografia sai em outubro de 2020

Curiosidade: 5 músicos mais novos que as bandas em que tocamCuriosidade
5 músicos mais novos que as bandas em que tocam

Big 4 britânico: Halford queria juntar Priest com Maiden, Sabbath e MotörheadBig 4 britânico
Halford queria juntar Priest com Maiden, Sabbath e Motörhead

Judas Priest e Iron Maiden: Rob Halford adoraria ver as bandas juntas em turnêJudas Priest e Iron Maiden
Rob Halford adoraria ver as bandas juntas em turnê

Judas Priest: como surgiu o agudo típico de Rob HalfordJudas Priest
Como surgiu o agudo típico de Rob Halford

Metallica: é deles o maior álbum de metal de todos os tempos, diz a Kerrang!Metallica
é deles o maior álbum de metal de todos os tempos, diz a Kerrang!

Dúvida: o que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?Dúvida
O que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?


Motörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do SepulturaMotörhead
Em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Cachorros: As raças que melhor combinam com cada gêneroCachorros
As raças que melhor combinam com cada gênero


Sobre Mariana Rezende Goulart

Estudante de Letras e amante de Heavy Metal e Hard Rock, começou a colaborar com o Whiplash por juntar duas paixões: a música e a tradução.

Mais matérias de Mariana Rezende Goulart no Whiplash.Net.

adGoo336