Dream Theater: pai de Portnoy perde batalha contra o câncer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Emanuel Seagal, Fonte: Bravewords & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Mike Portnoy, baterista do DREAM THEATER, escreveu o seguinte comunicado.

Guns N' Roses: a verdadeira história de "Rocket Queen"Tony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward

"É com o maior peso no coração e profunda tristeza que compartilho a notícia do falecimento do meu melhor amigo, meu ídolo e meu pai, Howard Portnoy.

Ele faleceu esta manhã, 4 de janeiro, às 03:38 com sua esposa Trish e eu ao seu lado após seis meses de batalha contra o câncer.

Ele foi uma pessoa incrível, cujo espirito era uma grande inspiração para mim e para a maioria das pessoas que tiveram o prazer de conhecê-lo.

Sua falta será dolorosamente sentida por tantos amigos e família - mas não mais do que sua esposa Trish, sua nora Marlene, seus netos Melody e eu.

O espírito continua...

Carpe Diem

MP".


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dream Theater"


Dream Theater: as pessoas não ouvem mais discos completos, diz PetrucciDream Theater
As pessoas não ouvem mais discos completos, diz Petrucci

Dream Theater: Mangini criou baquetas especiais de bateriaDream Theater
Mangini criou baquetas especiais de bateria


Guns N' Roses: a verdadeira história de Rocket QueenGuns N' Roses
A verdadeira história de "Rocket Queen"

Tony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill WardTony Iommi
John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

adGoo336