Chris Cornell: "Eu sei que 'Scream' é um grande álbum"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Chris Cornell, ex-SOUNDGARDEN e AUDIOSLAVE, foi entrevistado no dia 24 de março na edição do NBC-TV "Last Call with Carson Daly". Veja o vídeo de oito minutos abaixo.

A seguir você pode acompanhar um trecho da conversa que Chris Cornell teve com Jason Newman da Metromix sobre seu último álbum solo, "Scream".

publicidade

Metromix: As últimas resenhas do "Scream" foram bastante contundentes. Você leu alguma delas?

Cornell: "Eu não li nenhuma delas, mas ouvi sobre elas aqui e ali. Eu sei o que é a gravação. Dependendo do álbum (que eu faço), eu posso ter um tempo fácil ou difícil com objetividade. Com o 'Scream', eu tive um tempo muito bom pois foi tudo muito diferente, e eu sei que é um grande álbum. Eu também sei que é um alvo fácil. Eu vejo online que a negatividade e a positividade são uma questão de idade: pessoas mais velhas não gostam dele e pessoas jovem amam o novo álbum, ou pelo menos não estão de todo nervosas".

publicidade

Metromix: Você pensa que é uma questão dos críticos, que não entenderam o álbum?

Cornell: "Eu não posso dizer que eles não o compreenderam. Eu somente penso que se eu fosse uma pessoa desconhecida eles iriam escutar o álbum com ouvidos diferentes e o trabalho deles não é fazer isto. De tudo o que eu tenho escutado, a maioria das resenhas positivas vêm de outros países, como Grã-Bretanha e Alemanha, onde eles não têm que ser necessariamente tendenciosos contra um álbum que soa desta maneira. Isso é uma indicação (que os críticos dos EUA) estão em uma tendência que não tem nada a ver com a música".

publicidade

Metromix: Várias resenhas opinam que (o novo álbum) soa apressado e um pouco forçado.

Cornell: "Isso é insanidade para mim. Gastei seis meses neste álbum. Se você escutá-lo e compará-lo com outras músicas, ele é bastante amplo e aventureiro. Então quem diz isto é limitado. Não há maneira de alguém escutar o 'Scream' em um vácuo e imaginar que foi somente algo jogado e ajuntado (sem nenhum nexo)".

publicidade

Metromix: Você sente que as pessoas automaticamente vêm com uma visão naturalmente tendenciosa quando um artista "re-inventa" a si mesmo?

Cornell: "Bem, não há questionamentos que terão fãs de Hard Rock que não irão gostar (do "Scream"). É algo totalmente natural. Eu fiz um álbum que não é baseado em guitarras, pesado, de Hard Rock, então isso é simples matemática. Eu sou fã de vários tipos diferentes de música e eu quero poder experimentar um monte de coisas diferentes. Não estou dando voltas e tentando fazer o mesmo álbum 25 vezes".

publicidade

Metromix: O que você acha que o Chris Cornell da era-SOUNDGARDEN iria pensar de "Scream"?

Cornell: "Ele iria amá-lo, absolutamente. Há canções, melodias vocais, performances vocais e um certo sentimento de que eu sempre fui fã em toda minha vida e acho que foi autenticamente realizado neste álbum".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin