Mustaine: "reconquistei meu lugar no mundo do Heavy Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Molina, Fonte: Rust In Page, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/08/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Dave Mustaine postou a mensagem abaixo no fórum do site oficial do MEGADETH:

3425 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosRafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

Droogies!

Bem, estou em Londres e uma coisa engraçada é que sempre que venho a Londres, o clima costuma estar péssimo, e dentro de algumas horas, o sol quase sempre acaba aparecendo. O primeiro dia que estive aqui foi na quarta-feira a 1:30 pm, e no segundo dia o sol já tinha aparecido e estava quente pra burro. Ficou ensolarado assim até quinta a noite, quando as nuvens já não me aguentavam mais e acabou caindo um chuva torrencial. A sexta foi muito nublada, até que a noite o céu ficou limpinho, e hoje de manhã estava ensolarado novamente. Acredito no sol e eles não me chamam Garoto do Sol a toa. Tenho o pressentimento que teremos mais sol enquanto estivermos aqui. O mais engraçado é que isso não acontece no resto da Europa, ou qualquer outro lugar, apenas na Inglaterra.

A resposta em geral da imprensa tem sido surreal. Parece que reconquistei meu lugar no mundo do Heavy Metal, estou muito surpreso! Quero dizer, quando se está gravando algo, as vezes parece estar tudo ótimo e você espera que seja bom. As vezes você grava alguma porcaria e ACHA que está bom. Sabia desde de que começamos esse álbum teriamos que fazer algo surpreendente, que teria que colocar algo na água do Chris para que ele esquecesse do mundo exterior, e formasse uma dupla forte comigo. Bem, não coloquei nada na água dele, e acho que nós dois acabamos virando apenas um.

Também estamos tendo uma experiência fenonemal ao selecionar nossa equipe. Parece que de repente há vários veteranos experientes querendo trabalhar conosco. Outro marco para a gente. Temos o apoio da imprensa britânica, e depois de ontem, temos muito apoio internacional. Adicione a isso a confiança que ganhamos de várias pessoas da indústria que fazem os trabalhos dos bastidores, há outro mundo na estrada em se tratando de equipe de turnês - assim como há bons e maus músicos... com a equipe é a mesma coisa. Há os caras de nível B e os de nível A, e há os caras que não podemos pagar, como os produtores e tour managers de superstros como U2, Springsteen, Ozzy, Madonna, etc.

Acabei de aprovar minha autobiografia, e foi um trabalho de amor. Eu cheguei à última página e fiquei tão impressionado enquanto me aproximava do final que ao chegar nessa última página tive a sensação de um trabalho bem feito. Senti como se alguém tivesse realmente me entendido, o lado bom e o mau, comecei a ter um onda avassaladora de diferentes emoções; finalmente senti como se alguém tivesse me analisado, o que me faz do jeito que eu sou, porque estou chateado com as coisas que me chateiam, o que me faz feliz, por que tenho coisas que me chateiam na vida mas que não consigo deixar pra lá, como continuo voltando do mundo dos mortos, etc, etc, etc.

Outra coisa incrivel que está acontecendo também, é que a pessoas estão sendo francas sobre seus sentimentos quanto a mim (o eu do passado), e tem nos escutado mais, e agora é hora de ser profissional, de ser honesto, de trabalhar duro e tentar o meu melhor em tudo que faço. Voltei a lutar na minha categoria de peso, e trouxe todos meus apetrechos de fisioterapia aqui comigo. Por exemplo, eu tenho uma camiseta maluca que parece um colete com velcros estrategicamente colocados e mais alguns velcros e elásticos fortes que quando puxados são esticados em um lugar, e me ajuda a manter a postura enquanto minha costas voltam ao normal, nada Heavy Metal.

Minha coluna parece um ponto de interrogação!! Entendem o que quero dizer?

Ai! E também tenho lido muito ultimamente, e meu filho Justis tem que ler o clássico Frankenstein, de Mary Shelley para sua aula de Inglês da na escola e queria ler junto com ele para poder ajudá-lo caso ele precisasse. Justis conduziu algumas entrevistas para o vídeo da Head Crusher e estou apenas esperando resposta do estúdio para começar a editar as filmagens que o Justis e sua equipe fizeram lá.

Tenho que admitir, por mais animado que esteja com vocês e com o Megadeth, estou mais animado ainda em ver o que meu garoto está fazendo, porque ele toca muito, é muito legal passar um tempo com ele, tem um caráter em uma personalidade muito bacana - pizzazz. Gostaria de poder ver o rosto de vocês quando vocês finalmente o ouvirem tocar. Um dos grandes motivos dele estar trabalhando no The Vault (Vic's Garage) é porque ele vai se preparar pro primeiro álbum dele. Ele tem músicas ótimas, e o estúdio vai alavancar ele pro sucesso. Não é todo dia que um guitariista, não importa se seja novo ou experiente, tem a chance de ter um estúdio em casa.

E foi por isso que decidi que queria omeçar uma pequena turma no estúdio, e chamá-lo de Dave Mustaine's Metal Academy. É claro, vi o Jack Black fazendo e ele fez parecer tão divertido, que foi por isso que decidi fazer também. Gostaria de retribuir ao mundo da música, aos fãs e jovens músicos, e aos amigos e familiares que são interessados por música, que são meus amigos ou fãs e querem começar a tocar um instrumento - não apenas guitarra. Vou me senir ótimo fazendo isso para vocês.

Hoje é meu dia de folga, e estamos vendo o que podemos fazer no mundo do all-things-Mega. Pretedo trazer para vocês o melhor show que pudermos e espero brevemente poder resolver essas coisas antes de começarmos a ensaiar. Nós temos nosso palco, iluminação e som, setlist, parte acústica e nosso pano de fundo.

Tenho idéias ótimas mas não pude fazer nada por causa da pilha de trabalho com qual estou lidando. Sou o único que fez essa viagem, e gostaria que outro membro da banda estivesse aqui comigo. Porque além de ter que ficar repetido a mesma resposta várias vezes, e a beleza de ter alguém pra te substituir quando estiver zangado ou cansado, é bacana ter outra pessoa com uma persperctiva diferente para a imprensa,
para que você não fique com medo e que acidentalmente conte uma história em que esteja faltando uma página no "livro"

De qualquer forma, como disse antes, a autobiografia está pronta, o álbum está pronto, a capa está pronta, a linha de merchandise também, tour, o vídeo e agora vamos tocar o barco.

Coisa Vindoura: Ainda preciso pensar no meu programa de rádio, o livro sairá no ano que vem, temos a tour Megadeth/Slayer em outubro, datas de shows nos Estados Unidos e Canadá perto do fim do ano, e então um ano maravilhoso depois das festividades. Também estamos começando a confirmar as datas de festivais de verão que queremos fazer ano que vem. Tentar agendar algo na América do Sul, mais datas na Europa, e uma tour apropriada no Reino Unido de novo como fizemos com o Judas Priest e já estaremos na primavera da 2010. Então com uma pequena pausa para descanso deveremos estar com a agenda cheia até o outono do ano que vem.

Obrigado a todos pela mensagens deixados no TheLIveLine, então parem de me perguntar se recebo as mensagens de vocês.
Há algo que quero que vocês saibam sobre o TLL. Se vocês conhecem alguém talentoso que poderia se encaixar em uma da seis categorias, ou uma das 21 sub-categorias, mandem sugestões para scott@theliveline.com. Assim como todo negócio legitimo meu, nós te compensaremos pelo artista indicado, e o Scott vai ter avisar sobre os termos e benefícios. Vamos colocar da seguinte forma: este é um ótimo modo de se comunicar com seu artista favorito, e poder ter uma expêriencia fantástica, coisa que você não consegue em outros sites de relacionamento da internet.

Eu penso no Ashton Kutcher tendo 1.000.000 de seguidores no Twitter, e o quanto o Twitter se beneficia com isso, e ele provavelmente não ganha nada, e mesmo se ganhasse seria um pagamento único. O TheLiveLine teria se beneficiado por participar do concurso entre Larry King e o Ashton, e ambos teriam ganho uma bela grana, e ainda estariamos pagando os dividendos.

Por hoje é só, estou indo jantar com a melhor amiga da minha esposa aqui na Inglaterra às 7 da noite, e enquanto a hora não chega vou até a academia exercitar meu corpo para fortalecer meu pescoço. Me desejem sorte meu leais Droogies!! Mal posso esperar para ver vocês de novo nos shows, por favor me liguem. Amo ouvir a voz de vocês.

MSGD! Que venha Austrália e Nova Zelândia!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3080 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa519 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3525 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegatallicaMegatallica
Genial versão de "Welcome My Darkest Hour"

MegadethMegadeth
Mustaine chegou a pensar em procurar outro baixista

Mustaine para HetfieldMustaine para Hetfield
"Nós mudamos o mundo, irmão"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Collectors RoomCollectors Room
Conheça o sujeito que invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

Thrash MetalThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

VocalistasVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

5000 acessosAC/DC: "Chuck Berry foi o maior babaca que já vi na vida"5000 acessosGene Simmons: declarações polêmicas sobre bandas de sucesso5000 acessosStephanie Seymour: ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 445000 acessosHit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista5000 acessosSem Ingresso: Paul McCartney é barrado em festa por "não ser VIP"5000 acessosMax Cavalera: "Os quatro Ramones ao lado no palco, olhando o nosso show"

Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online