Kristen Stewart: atriz está ansiosa com "The Runaways"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: We Will Rock You, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/03/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Os fãs de “Crepúsculo” podem até ver a atriz Kristen Stewart como sua Bella Swan, mas será que os discípulos de Joan Jett vão dar crédito a sua representação da legendária roqueira? Estrelar Jett no ‘The Runaways’, biografia que registra em crônica a breve carreira da banda só de garotas dos anos 70 foi algo em que Stewart sentiu que não podia falhar.

5000 acessosSolos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NME5000 acessosLed Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

“Se não contássemos a história direito, esta seria a versão da 'The Runaways' que as pessoas da minha idade teriam conhecimento”, Stewart disse a Spinner em uma recente coletiva de imprensa. “Esse pensamento, antes de terminado o filme, me deixou louca”.

Com um orçamento limitado, e curto tempo de gravação, Stewart admitiu que a filmagem era um passeio maluco”. Contudo, ela se importava tanto com o projeto que desejou fazer justiça à história da THE RUNAWAYS – senão ela se sentiria realmente culpada. “Essa é uma experiência diferente porque geralmente se um filme não é bom e não sai do jeito que você imaginou, então é como se tivesse de ser assim” disse Stewart. “Mas nesse, não tínhamos outra opção. A culpa que eu ia carregar pelo resto da minha vida, iria fazer com que meu estômago ficasse preto.”

Para a sorte de Stewart e da co-estrela Dakota Fanning, que faz o papel da cantora Cherie Currie, tanto Jett como Currie estiveram no set para ajudar as atrizes com tudo o que precisassem. “Elas nos completaram com coisas pequenas”, disse Stewart. “Foi bom elas estarem por perto porque elas precisavam estar lá para preencher as lacunas”.

Ver Currie e Jett juntas ajudou as duas jovens atrizes a entender a amizade que as ex-Runaways tinham. “Nós pudemos vê-las interagindo agora”, disse Stewart. “Vê-las juntas ajudou bastante porque elas se tornam as mesmas pessoas daquela época quando andavam juntas o tempo todo. E elas realmente, realmente, se amam. É difícil descrever; elas realmente são muito ligadas.”

Outra coisa que causou burburinhos foi o beijo que Stewart e Fanning deram durante uma cena no filme, algo de que Stewart simplesmente dá risadas, explicando que a amizade de Jett e Currie era diferente de outros relacionamentos. “É uma amizade tão única, e elas confiam uma na outra de uma forma tão forte”, disse Stewart. “Você acrescenta um beijo numa coisa e de repente transforma isso num ‘Oh, meu Deus, elas se amam, e elas são lésbicas’, é como ‘Não, o que?’”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Runaways"

The RunawaysThe Runaways
Destratadas pelo Rush nos anos 70

RunawaysRunaways
Lita Ford foi convidada para entrar no Led Zeppelin?

Kim FowleyKim Fowley
Ele queria garotas nuas mutilando seu corpo

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Runaways"

Solos de guitarraSolos de guitarra
Lista dos 50 melhores segundo a NME

Led ZeppelinLed Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

SlipknotSlipknot
Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara

5000 acessosHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal5000 acessosSeparados no nascimento: Phil Lynott e Tiririca5000 acessosHeavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capas5000 acessosGuns N' Roses: o brasileiro que registrou o primeiro 3D da banda5000 acessosRock in Rio: brasileiro é o artista que mais tocou no evento2900 acessosHunger: uma versão bem mais pesada de "Another Brick In The Wall"

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online