Alice Cooper: não existe rock teatral sem Alice

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 15/03/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Na noite de 14 de março, o Rock And Roll Hall Of Fame de 2001 empossou seu 26º grupo anual de indicados no Waldorf Astoria de Nova Iorque. Alice Cooper foi empossado por seu recente parceiro de turnê Rob Zombie; Elton John empossou seu recente colaborador Leon Russell, Paul Simon fez as honras para Neil Diamond e Neil Young empossou Tom Waits.

100 acessosAlice Cooper: veja o lyric video de "Paranormal"5000 acessosIron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

O baterista do DOORS, John Densmore, fez as honras para Jac Holzman, que fundou o selo da banda Elektra; Bette Midler empossou a lenda do "Wall Of Sound" Darlene Love; Dr. John foi empossado por John Legend; e Art Rupe, fundador da Specialty Records, foi empossado por Lloyd Price. Para muitos espectadores, a cerimônia de 2011 já é histórica, por nenhuma outro motivo senão porque a maioria dos que estão dando posse ofuscam a quem estão empossando.

Alice Cooper disse à The Pulse Of Radio que com mais freqüência, os nomeados do Rock Hall não acreditavam que a banda de Alice ainda não estava em seu rol. "Quero dizer, acho que havia pessoas que estavam no Hall of Fame — isso é, ouvimos isso de cinco ou seis pessoas que disseram, 'Nós pensávamos que você já estivessem aqui!' Sabe, foi quase como um presságio, as pessoas acharem que já fazíamos parte – eu fiquei surpreso ao saber que o Neil Diamond não estava. Quando me disseram O 'Neil Diamond vai entrar com você' eu fiquei, 'O que?'"

Alice continuou e disse que a importância do Alice Cooper ao lado teatral do rock dos anos 70 nunca – e nunca deverá – ser desvalorizado e subestimado. "Sabe, não dá pra ignorar o Alice. Quando você fala nos anos 70, você fala de (David) Bowie, and Elton (John), e você fala em... sabe, não dá pra falar no KISS sem falar no Alice. Toda era do rock teatral – você realmente não pode mencionar essa era sem mencionar Alice. Eu não sei como você pode continuar fingindo que nós não acontecemos. Quero dizer, nós fomos tipo o começo disso tudo! E além disso, se nós estivéssemos só começando e não – e não fizéssemos sucesso, seria diferente – mas, quero dizer, nós tivemos 14 singles top 40 e vendemos 50 milhões de álbuns – muito difícil ignorar o Alice."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

100 acessosAlice Cooper: veja o lyric video de "Paranormal"1704 acessosAlice Cooper: Welcome to My Nightmare lançado em DVD2153 acessosAlice Cooper: Longe de se aposentar, quer ultrapassar Mick Jagger434 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta389 acessosRepublica: banda brasileira abre shows de Alice Cooper na Europa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Alice Cooper"

Alice CooperAlice Cooper
O encontro bizarro com Elvis Presley

Alice CooperAlice Cooper
Uma completíssima biografia do pai do rock horror

Chris CornellChris Cornell
"A melhor voz do rock", diz Alice Cooper

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Alice Cooper"

Iron MaidenIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Metal suecoMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

DebandadosDebandados
Saíram de uma banda e formaram outra (melhor?)

5000 acessosIndústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal5000 acessosÁrvore Genealógica do Metal e do Rock5000 acessosOzzy Osbourne: "quando Randy entrou, achei que era uma fada"5000 acessosBlack Metal: cinco bandas contraindicadas para quem é "true"4344 acessosDavid Bowie: músico preparou álbuns póstumos

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online