Alice Cooper: "uma espécie de Darth Vader do rock'n'roll"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Débora Reoly, Fonte: Zero Hora
Enviar Correções  

Em uma entrevista concedida ao jornal gaúcho Zero Hora, realizada por Luís Bissigo, do ZH, ALICE COOPER fala do seu retorno ao Brasil, da diferença do público brasileiro com o público de outros países, da sequência de "Welcome to My Nightmare", sobre ser um dos precursores a levar o teatro para o rock'n roll e do encontro que teve recentemente com LADY GAGA, fã do músico.

publicidade

ZH — Você é um dos artistas que inventou essa maneira de levar o teatro para o rock'n'roll. Como isso começou?

Alice — O engraçado é que os caras da banda original, todos, também estavam envolvidos com arte. Éramos todos grandes fãs do Salvador Dalí. E na verdade chegamos a trabalhar com ele, em 1972 ou 1973. Fiz um projeto com ele. Ele via Alice Cooper como algo surrealístico, e nós também achávamos isso. A ideia era que Alice Cooper não fosse só uma banda, mas também deveria ser uma peça de teatro. Desde o início, não queríamos ser heróis do rock'n'roll — queríamos ser os vilões do rock'n'roll. E foi isso que projetamos para Alice Cooper, uma espécie de Darth Vader do rock'n'roll (risos).

publicidade

A entrevista completa você confere no link abaixo:

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1...

Lembrando que os shows de ALICE COOPER no Brasil iniciam amanhã, dia 31 de maio no Pepsi On Stage em Porto Alegre, dia 2 de junho no Credicard Hall em São Paulo e dia 3 de junho no Citibank Hall no Rio de Janeiro.

publicidade

Informações e serviço do show você encontra na Times For Fun, no link abaixo:

http://www.t4f.com.br/umbrella/alice-cooper.html?utm_campaig...

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin