Deep Purple: lance de "classic rock" atrapalha, diz Glover

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Jim Sullivan, do BostonHerald.com, entrevistou o baixista do DEEP PURPLE Roger Glover. Seguem alguns trechos da conversa.

BostonHerald.com: O DEEP PURPLE fez shows com orquestras várias vezes. Como será esse?

Glover: Sim, nós tocamos com orquestras antes, e fomos uma das primeiras bandas a fazer isso. Foi na verdade uma composição do Jon ("Concerto for Group and Orchestra" em 1969) e não tinha nada a ver com rock. Era realmente uma sinfonia. Nós também fizemos nossa música com um pouco de ‘backing’, que é uma forma cruel de dizer que é o que faremos nessa turnê. Mas é um pouco mais que isso.

publicidade

BostonHerald.com: É como o CD ao vivo do METALLICA "Symphony & Metallica"?

Glover: Toda vez que se menciona uma banda de rock e orquestra, todos dizem "Ah, como o METALLICA", o que me coça a língua um pouco. Nada contra o o METALLICA, mas bandas fizeram isso bem antes do METALLICA.

BostonHerald.com: Então como você explica?

Glover: É um show do DEEP PURPLE. Não há como negar o fato de que há uma orquestra lá, e não é nem sequer uma orquestra. São alguns instrumentos de cordas, de sopro, e mais como jazz e coisas orquestrais e clássicas. É um show de rock com um peso a mais. Nós nem sabemos bem como vai soar.

publicidade

BostonHerald.com: O que significa ser chamando de uma banda clássica de rock?

Glover: Estamos presos nos EUA com esse rótulo de rock clássico, então é bem difícil conseguir uma platéia com menos de 40 anos. É um rótulo. Acho que isso nos fere, porque não estamos chegando até o público mais jovem a que chegamos no resto do mundo. Fomos grandes na França nos últimos sete anos e tocamos em grandes lugares, que sempre ficaram lotados de adolescentes e eles são animados. Você vai para os EUA e toca num barraco em algum lugar e as pessoas ficam assentadas, comendo sua pipoca, não querem se levantar e mal batem palmas.

publicidade

BostonHerald.com: Vocês estão trabalhando em material novo?

Glover: Na realidade sim. Tivemos uma sessão de composição em março. Conseguimos nos reunir e concordar em fazer um álbum. As pessoas andavam dizendo que o negócio mudou, que as pessoas não compram mais discos. Mas não sou dessa crença. Somos uma banda de fazer discos. Nascemos assim e devemos morrer assim. Um disco é quase como um boletim escolar de uma geração, uma grande tradição.

publicidade

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) no BostonHerald.com.

Agradecimentos: João Renato Alves




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Van Halen: ouça incrível show de 1975 com covers de Stones, Purple, ZZ Top e maisVan Halen
Ouça incrível show de 1975 com covers de Stones, Purple, ZZ Top e mais

Deep Purple: O clássico Mistreated é transcrito pelo canal Rock com LegendasDeep Purple
O clássico "Mistreated" é transcrito pelo canal Rock com Legendas

Judas Priest: Don Airey, tecladista do Deep Purple, tocou baixo no PainkillerJudas Priest
Don Airey, tecladista do Deep Purple, tocou baixo no Painkiller

Deep Purple: David Coverdale conta que voltou a ter contato com Ritchie BlackmoreDeep Purple
David Coverdale conta que voltou a ter contato com Ritchie Blackmore

Deep Purple: Steve Morse conta os muitos segredos de sua sua lendária guitarra azulDeep Purple
Steve Morse conta os muitos segredos de sua sua lendária guitarra azul

Deep Purple: Steve Morse revela o segredo sobre estar há 26 anos na bandaDeep Purple
Steve Morse revela o segredo sobre estar há 26 anos na banda

Lista: bandas que (quase) todo fã de rock e metal gosta - Parte 2Lista
Bandas que (quase) todo fã de rock e metal gosta - Parte 2

Eddie Van Halen: Você deve se orgulhar do legado que deu ao mundo, diz Steve MorseEddie Van Halen
"Você deve se orgulhar do legado que deu ao mundo", diz Steve Morse

Deep Purple: atualmente em paz com Blackmore, Gillan diz que ambos eram idiotasDeep Purple
Atualmente em paz com Blackmore, Gillan diz que ambos eram idiotas

Deep Purple: Coverdale diz que entrou porque Blackmore queria voz de machoDeep Purple
Coverdale diz que entrou porque Blackmore queria "voz de macho"


Deep Purple: o dia em que a banda acabou, em 1976Deep Purple
O dia em que a banda acabou, em 1976

Deep Purple: Phil Collen na contracapa de Made In Japan?Deep Purple
Phil Collen na contracapa de Made In Japan?


Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin