Metallica e Lou Reed: afinal, quem ou o que é "Lulu"?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Enviar correções  |  Comentários  | 


Esta deve com certeza ser uma das colaborações mais comentadas do ano, LOU REED & METALLICA no disco Lulu – a ser lançado pela Warner Bros. No dia 1º de Novembro nos EUA (31 de outubro no resto do globo).
1278 acessosMetallica: a música preferida dos fãs nos shows ao vivo5000 acessosSlipknot: Qual é o significado e a tradução do nome da banda?

David Fricke, da edição estadunidense, da revista Rolling Stone se encontrou com a improvável dupla no estúdio do Metallica no condado de Marin, ao norte de São Francisco, recentemente. “Eles são tão poderosos quanto você possa imaginar,” Reed dizia do Metallica no saguão do estúdio. “A bateria não é brincadeira, e Hetfield é desse jeito.” Reed bate uma mão contra o coração. “E daí você tem as letras que são uma explosão. É tão fácil, porque não estamos tentando mudar ninguém.”

“Não rolou naquelas de ‘essa é a minha parada, faz o que eu tô dizendo’”, confirma o baterista Lars Ulrich. “Lou entendeu que nós daríamos a ele algo que ninguém mais daria.”

“Lou e nós – somos almas gêmeas,” emenda o guitarrista Kirk Hammett. “Nós ambos temos uma clara visão de como você deveria soar e o que deveria dizer. Além disso, ele tem uma característica que se encaixa perfeitamente. Ele fala a nossa língua, levemente sarcástico e seco, como mais um de nós.”

“Aonde quer que eu vá, eles ainda estão comigo,” diz Reed com deleite. “Essa coisa toda tem sido do jeito que deveria ser, na minha mente.” E não acabou. Reed e o Metallica estão pensando em promover Lulu com alguns shows ao vivo.

A ideia desses dois gigantes da música moderna trabalharem juntos nasceu depois do show do vigésimo-quinto aniversário do Rock And Roll Hall of Fame em Nova Iorque, em outubro de 2009. O vocalista e guitarrista do Metallica, James Hetfield, o baterista Lars Ulrich, o guitarrista Kirk Hammett e o baixista Rob Trujillo – tocaram com Reed em clássicos do VELVET UNDERGROUND, ‘Sweet Jane’ e ‘White Light/White Heat’. “Nós soubemos a partir dali que fomos feitos um para o outro,” diz Reed.

Depois daquela triunfante apresentação, Reed sugeriu que eles fizessem um disco juntos. No início eles planejavam regravar um disco com material antigo de Reed, o que Ulrich descreve como "algumas das jóias perdidas de Lou – canções às quais ele pensou em dar mais uma chance, e nós podíamos fazer fosse lá o que fazemos com algumas delas.” Essa ideia “ficou no ar por alguns meses”. Daí uma semana ou duas antes das sessões começarem, “Lou ligou e disse, ‘Ouçam, eu tenho essa outra ideia.’”

Tal ideia era gravar uma série de canções que Reed tinha escrito para o diretor estadunidense de teatro de vanguarda Robert Wilson e para a produção do grupo teatral alemão Berniler Ensemble de ‘Lulu Plays’, que estreou no Aprilat the Theatre am Schifbauerdamm em Berlin, fundado por Bertold Brecht. As canções são inspiradas nas peças do expressionista alemão Frank Wedekind do começo do século XX, como Earth Spirit e Pandora’s Box, e eram uma reinterpretação da ‘O Corvo’ de Edgar Allan Poe, que emergiu como uma graphic novel pela editora Fantagraphics Press.

“Nós estávamos muito interessados em trabalhar com Lou,” diz Hetfield. “Eu tinha essa ponto de interrogação enorme: como é que vai ser? O que vai acontecer? Então foi ótimo quando ele nos mandou as letras para o conceito de trabalho de Lulu. Era algo no qual podíamos enfiar a cara. Eu poderia tirar o uniforme de vocalista e letrista e me concentrar na música. Essas letras eram muito fortes, com uma plataforma por detrás delas para construir uma atmosfera. Lars e eu nos sentávamos lá com um violão e deixávamos a tela em branco nos levar onde ela precisava ser levada. Foi um grande presente, ser solicitado a assinar ‘tallica’ nela. E foi o que fizemos.”

“Nós tínhamos que trazer Lulu à vida de um modo sofisticado, usando o rock,” diz Reed. “E o rock mais pesado que você conseguiria imaginar seria o do Metallica. Eles moram nesse planeta. Nós tocamos juntos, e eu sabia: sonho tornado realidade. Essa é a melhor coisa que eu já fiz. E eu a fiz com o melhor grupo que eu poderia achar. Por definição, todo mundo envolvido foi honesto. Isso veio ao mundo puro. Nós entramos até onde conseguimos entrar para dentro dos limites da realidade.”

“Definitivamente não é um disco do Metallica ou do Lou Reed,” acrescenta Hammett. “É outra coisa. É um novo animal, um híbrido.”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
A música preferida dos fãs nos shows ao vivo

241 acessosMeshuggah: e se "Bleed" tivesse a bateria de "St. Anger"?305 acessosMetallica: vídeo profissional de "Creeping Death" em Miami0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

RockRock
Seis bandas que se inspiraram na cultura Pop

MetallicaMetallica
Os bastidores da apresentação em São Paulo

MetallicaMetallica
Orion Music foi um desastre financeiro, diz James

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

SlipknotSlipknot
Qual é o significado e a tradução do nome da banda?

Hard RockHard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

AC/DCAC/DC
Setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosVelocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multado5000 acessosMegadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo5000 acessosSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?5000 acessosAC/DC: os atrasos de Axl, Steven Tyler estava na lista5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1984

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online