Ellefson: "Não me vejo de batina fazendo pregações"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Molina, Fonte: Rust In Page, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 31/01/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

David Ellefson se tornou um dos 100 alunos no curso à distância do Concordia Seminary em Clayton, Missouri. As aulas incluem "Distinções Luternas," "Pregando I & II," "Introdução à Adoração" e "Escrituras e Fé."

5000 acessosChris Cornell: Megadeth toca música em homenagem ao vocalista5000 acessosKiss: Música ou Marketing?

Ao falar com Darryl Sterdan da QMI Agency, Ellefson declarou sobre sua decisão de se tornar um pastor luterano, "Não me vejo de pé lá usando uma batina branca, sacramentando e pregando, nem nada disso. Estou fazendo essas aulas à distância para aprender coisas novas. Abrir os olhos e ouvidos para caminhos diferentes é inspirador para mim. Quando tinha 25 anos, tomei um rumo diferente na vida e me livrei das drogas e da bebida, me limpei. Isso já faz 22 anos. Estou casado há 18 anos. Tenho filhos adolescentes. Minha vida é completa. As pessoas pensam que o pessoal do heavy metal ganha e depois torra tudo. E aprendi que somos gigantes gentis quando descemos do palco. Deixamos tudo no palco, e é assim que deve ser.”

Quando perguntado se estudar para se tornar pastor é meio que na contramão de estar tocando "a música do demônio," Ellefson respondeu, "Bem, não tocamos a música do demônio. No 'Peace Sells ... But Who's Buying?' haviam algumas músicas sobre rituais e coisas do tipo. Mas não foram escritas porque faziamos aquilo. Eu não fazia. Você pode escrever sobre qualquer coisa... e aquelas músicas não tinham a ver com Satã. Estavamos apenas questionando as coisas. As pessoas que pensam o contrário tem a mente muito fechada."

Sobre se sentir obrigado a intervir quando vê outros músicos e jovens no caminho errado, Ellefson diz, "Minha atitude é que você deve se arrumar, vir aqui e se comportar corretamente. E você deixa, na falta de um termo melhor, o espirito de Deus tomar você. As pessoas verão isso. Se eles querem respostas, eles sabem aonde ir. Se eles não perguntam, você não precisa ficar falando. Mas se eles começarem a perguntar, essa é uma oportunidade para compartilhar histórias da sua vida. Essa abordagem com testemunhos é mais genuína. E acho que as pessoas ouvirão melhor do que se você estiver em um aeroporto batendo nas cabeças delas com uma Biblia."

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Chris CornellChris Cornell
Megadeth toca música em homenagem ao vocalista

367 acessosMegadeth: Peace Sells em um minuto por Paschalis Theotokis0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

RockRock
Curiosidades para enriquecer seu conhecimento - Parte 3

Top 20Top 20
Discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos

DeicideDeicide
Vocalista chama Mustaine de "prolapso retal"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 31 de janeiro de 2012
Post de 31 de janeiro de 2013

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Cristianismo"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

KissKiss
Você já parou para pensar na banda como uma marca?

Papai TruezãoPapai Truezão
Astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos

Avenged SevenfoldAvenged Sevenfold
Bêbados, os caras resolvem tocar em bar na Finlândia

5000 acessosTradução - Rebirth - Angra5000 acessosCovers: quando bandas de Thrash, Death e Black prestam tributo5000 acessosIron Maiden: O que a equipe consome quando vai a um pub?4841 acessosJared Dines: e se o Blink 182 fosse uma banda de metal?5000 acessosEric Clapton: Guitarrista está colocando suas guitarras à venda5000 acessosNu Metal: As 10 melhores bandas, segundo o Watchmojo

Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online