Alter Bridge: Mark Tremonti apresenta sua banda solo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Veja abaixo um clipe de 30 segundos no qual o guitarrista do CREED e ALTER BRIDGE Mark Tremonti apresenta sua banda solo – composta por Eric Friedman na guitarra, Brian Marshall (CREED, ALTER BRIDGE) no baixo, and Garrett Whitlock na bateria.

O álbum solo de estréia de Tremonti, "All I Was", tem lançamento previsto no fim da primavera (outono no hemisfério sul) início do verão (inverno no hemisfério sul).

publicidade

Eis os prováveis títulos de músicas que estarão no CD:

* All I Was
* Brains
* So You're Afraid
* You Waste Your Time
* Decay
* New Way Out
* Leave It Alone
* Wish You Well
* Don't Claim
* Proof
* Gone
* All That I Got
* Giving Up
* Doesn't Matter

Tremonti cuida de todos vocais no CD, com contribuições adicionais de Friedman (backing vocal, guitarra, baixo) e Whitlock (bateria).

Tremonti disse recentemente que seu álbum solo deverá ser mais pesado que o CREED e ALTER BRIDGE — e contém ainda mais solos de guitarra do que nesses dois grupos. Falando ao ARTISTdirect, Tremonti explicou, "É um disco dinâmico. É provavelmente mais pesado que o CREED ou ALTER BRIDGE, mas ainda assim é voltado para o melódico. A maioria das coisas estão num tempo mais acelerado e com riffs mais pesados, entretanto. Eu tive de compor onze solos para esse disco, então eu levei bastante tempo. Tem muito solo".

publicidade

A respeito de sua performance vocal no CD, Tremonti disse ao IHeartGuitarBlog.com, "É a primeira vez que cantei em um disco, então foi um bom desafio para mim... Eu sempre fui compositor, então já cantei enquanto tocava, mas eu componho cantando em falsete, então eu alcanço notas bem agudas pra todo lado, mas eu sempre tivo um alcance pequeno, então para meu trabalho solo eu fiz num tom mais baixo. Eu nunca tinha tido essa confiança antes. Acho que quanto mais eu fui cantando ao longos dos anos, mais eu fui desenvolvendo confiança na minha voz, e eu finalmente estou pronto para fazer isso sozinho. Mas é um mundo totalmente diferente".

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Debandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhorDebandados
Saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhor

Myles Kennedy: cantor diz que a religião matou o pai deleMyles Kennedy
Cantor diz que a religião matou o pai dele


Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin