A Chave do Sol: "bravo guerreiro contra mudanças na cena"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Willba Dissidente, Fonte: blog: A Chave do Sol
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 27/05/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O blog: A CHAVE DO SOL (http://achavedosol.blogspot.com/) foi criado para juntar num só site todo material existente sobre a pioneira banda de Hard Rock nacional que o dá nome. Recentemente, o blog publicou um depoimento do jornalista Ricardo Batalha sobre a banda. Para quem não sabe, Batalha participa da cena metal desde meados dos anos oitenta, além de ser redator-chefe da revista Roadie Crew. O texto abaixo foi escrito primeiramente para o relançamento em CD dos primeiros registros d'A CHAVE DO SOL (o compacto de 1984 e o EP que saiu do ano seguinte) e foi publicado no encarte do cd "dois em um", além de estar disponível, também, no site da Baratos Afins (http://www.baratosafins.com.br/a_chave_do_sol.html/); selo/loja no qual os discos podem ser encontrados.

5000 acessosMetal: você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 15000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas

"A Chave é o Show", por Ricardo Batalha.

"Muitas bandas nacionais da atualidade que usam a virtuose explícita em sua sonoridade devem muito ao trabalho da paulistana A CHAVE DO SOL, formada em meados dos anos 80. A sonoridade da banda aliava o puro Hard Rock com Jazz e até mesmo toques sutis do Heavy Metal. Na formação original desta ‘Jazz Metal Rock band’ estavam Rubens Gióia (guitarra), Fran (vocal), Luiz Tiguêis (baixo) e Zé Luiz (bateria). Mas, ao longo dos anos, A CHAVE teve o privilégio de poder contar em suas fileiras com músicos de renome mundial da atualidade, como os guitarristas Eduardo Ardanuy (DR. SIN) e Kiko Loureiro (ANGRA), além de Ivan Busic, baterista do DR.S IN. Os mais saudosos devem se lembrar do programa “A Fábrica do Som”, da TV Cultura, emissora que sempre teve o objetivo de democratizar a música, seja ela erudita como nos primeiros dias, como para o cenário do Rock nacional. O programa, além de ter mostrado a cultura do Pop/Rock dos anos 80, revelando inúmeras bandas, tinha como música de abertura uma composição instrumental d' A CHAVE DO SOL.

"O público ficava boquiaberto com a qualidade de som que vinha dos PA’s. O carismático Rubens fritava solos extremamente melódicos com sua Les Paul ou com a Jackson “rabo de peixe”. Zé Luiz tocava e solava como os mestres do Jazz, mas mantinha a postura ‘rocker’ intacta e mandava ver quando o andamento da música pedia uma pegada mais forte. Fran sabia aquecer uma platéia, era dotado de uma boa voz e usava um visual característico, nem sempre compreendido pelos saudosistas mais radicais. Tiguêis além de dominar como poucos seu Fender Jazz Bass, sabia como transmitir os recados ao público. Todos que compareciam a um show d' A CHAVE tinham plena consciência de que durante o set haveria o espaço reservado para “os recados do Tiguêis”.


Segundo Batalha eles impressionavam o público pela performance e a qualidade suas composições.

"Tanto ao vivo como em estúdio, a banda conseguiu transmitir seu recado e este CD que você tem em mãos é o retrato da primeira fase da banda, que durou até meados de 1986. Depois, a formação foi alterada, com a entrada de Beto, ex-guitarrista e vocalista do ZONA FRANCA (nota: antes ele havia sido vocalista do grupo de A.O.R/Hard Rock ZENITH) e mais tarde a substituição de Zé Luiz para seu xará, Zé “Vinny Appice” Luiz, que tocava no JAGUAR. O som tomou um rumo mais próximo da linha do WHITESNAKE, mas a competência foi mantida e a legião de fãs que acompanhava a banda continuava a crescer e cantar os novos hits, como “Sun City”. Assim como um bravo guerreiro A CHAVE DO SOL sobreviveu até onde foi possível. Mudou de nome para A CHAVE, posteriormente para THE KEY, lançou outros ótimos trabalhos, mas com a mudança brutal no cenário do Hard Rock e do Heavy Metal para parâmetros sonoros mais brutais e agressivos a chama foi se apagando.

"Com mais esta brilhante iniciativa, a Baratos Afins fará você relembrar a velha magia do Rock nacional de uma época mais pura em que A CHAVE DO SOL estava no topo, sempre bem acompanhada por nomes como Centúrias, Harppia, Platina, Korzus, Salário Mínimo, Abutre, Stress, Made In Brazil, Patrulha do Espaço, Vírus, Lixo de Luxo, Karisma, Ethan, Gozometal, Santuário, Spectrus, ANO LUZ, Antítese, Mammoth, Anacrusa, Nostradamus, Performances, Deimos, Viúva Negra, Anthro, Avenger, Metalmorphose, Azul Limão, Excalibur, Titânio, Microphonia e dezenas de outros".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "A Chave do Sol"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "A Chave do Sol"

MetalMetal
Você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1

CuriosidadesCuriosidades
As histórias por trás de 11 capas clássicas

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

5000 acessosBin Laden: possível sucessor era músico de Death Metal5000 acessosIntrigas: Bandas em família que terminaram mal5000 acessosVinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?5000 acessosCharges: o que diriam as capas clássicas se pudessem falar4516 acessosMotley Crue: "Buenos Aires foi nosso melhor show!"5000 acessosHomem-Aranha: Por que ele não pode ir a shows de Metal?

Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online