Patti Smith: visitando túmulo de São Francisco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Reuters
Enviar Correções  

Patti Smith, chamada por alguns de madrinha do punk rock e uma das primeiras frequentadoras do emblemático clube CBGB esteve em Assis, na Itália, esta semana, onde prestou homenagens junto ao túmulo de São Francisco e almoçou com a comunidade franciscana.

Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?

Bruce: "Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"

A cantora de "Gloria" e "Because The Night" (em parceria com The Boss BRUCE SPRINGSTEEN), que também é pintora, ainda ajudou a restaurar um afresco de Giotto. O restaurador chefe, Sergio Fusetti, deu-lhe o pincel e permitiu a ela para "restaurar" em sua mão uma pequena parte (alguns centímetros) do céu, assegurando que o trato permanecerá e não será excluído.

"Desculpe-me, Giotto - Patti disse - mas eu fiz isso com amor."

Smith, passou diversas horas no grande complexo com basílica e convento, que também é o local onde o santo foi enterrado. Há séculos, São Francisco é uma inspiração para pacifistas e ambientalistas.

São Francisco, que morreu em 1226, seria a inspiração para "Constantine's Dream", faixa do álbum mais recente da roqueira, "Banga", de 2012.

"Quando penso em São Francisco, não penso em religião, não penso em nenhuma regra nem regulamento", disse ela a um para o site da basílica, o www.sanfrancescopatronoditalia.it, em entrevista publicada também pela agência de notícias internacional Reuters.

"Penso na natureza. Penso no amor dele pela natureza. Penso em seu amor absoluto pela vida e acho que qualquer ser humano pode se ligar a isso", denotando que música boa, respeito e amor ao próximo não dependem de religião, não importando a sua cor.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vaticano: católicos enfurecidos com cantora punk no NatalVaticano
Católicos enfurecidos com cantora punk no Natal


Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?Ortografia
Como deveriam realmente se chamar as bandas?

Bruce: Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!Bruce
"Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin