Jethro Tull: Ian fala sobre o Grammy que tirou do Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Powerline, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/07/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O METALLICA foi nomeado pela primeira vez ao Grammy de "Hard Rock/Metal Performance" em 1989, mas perdeu para o JETHRO TULL, uma banda que destaca-se principalmente pelo seu uso pesado de flauta. Os fãs (e até mesmo alguns membros da platéia) ficaram justamente indignados, quando o selo do JETHRO TULL tentou minimizar a gafe, colocando um anúncio na Billboard que dizia: "A flauta é um instrumento de heavy metal".

0 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands5000 acessosHeavy Metal: os 10 álbuns mais importantes da história

Com o Grammy 2012 pela frente neste domingo, a Powerline pediu ao vocalista do JETHRO TULL, Ian Anderson para contar sobre o dia histórico quando ao JETHRO TULL foi dado o prêmio de melhor artista rock/heavy metal.

"Eu provavelmente sou perguntado sobre isso muito mais quando estou falando com escritores americanos que na Inglaterra", diz Ian Anderson. "Não é realmente uma boa coisa por aqui. Foi um ano em que apareceu uma nova categoria para 'hard rock'/'metal' e essa categoria ainda existe hoje... e fomos, por alguma estranha razão, nomeados. Naquele momento, ninguém prestava atenção para o fato de que foram nomeados. Não houve um pio de ninguém. Porque eles achavam que não hávia como o JETHRO TULL ganhar. Nem IGGY POP, nem JANE'S ADDICTION. Tinha que ser o METALLICA, porque eles eram os grandes, novos enorme talentos de sucesso direto da caixa naquele ano e todo mundo tinha como certo que o METALLICA ia ganhar o Grammy, incluindo o próprio METALLICA. E quando ele foi anunciado para o JETHRO TULL, sob uma enxurrada de vaias e assobios e murmúrios de descrença, eu gostaria de pensar que não foi porque os seis mil membros votantes da Academia Nacional de Artes e Ciências votaram no JETHRO TULL como uma banda de hard rock ou uma banda de heavy metal. Eles nos deram o prêmio porque nós éramos um bando de bons rapazes que nunca ganhou um Grammy antes. E triste de se ver, mesmo depois de todos estes anos, que ainda não há uma categoria para melhor tocador de flauta que se equilibra em uma perna só. Caso contrário, eu ganharia todos os anos".

Ele continua: "E, como dissemos na época, o METALLICA era uma banda nova e excitante. E eles vão, com certeza, ganhar o Grammy no ano seguinte e eles fizeram isso mesmo. E para provar que bandas de heavy metal têm senso de humor, eles botaram um anúncio de página inteira na Billboard quando eles ganharam o Grammy, agradecendo ao seu produtor musical, sua gravadora, suas mães, seus pais, seus irmãos, o cão da família e ao JETHRO TULL por não lançar um novo álbum naquele ano".

Se Anderson já chegou a falar com o METALLICA sobre a experiência? "Não, eu realmente nunca me encontrei com eles", diz Anderson, "mas tenho certeza que eles são caras encantadores e humildes".

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Robert TrujilloRobert Trujillo
O que ele achou do seu filho tocar com o Korn?

0 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Banda considerou contratar baixista do Megadeth

Rock In PeaceRock In Peace
As mortes mais marcantes do Rock/Metal

MetallicaMetallica
Falha geral no sistema de som durante show no RIR

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Jethro Tull"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 álbuns mais importantes da história

Dream TheaterDream Theater
John Myung, o habilidoso baixista caladão

Nirvana e GunsNirvana e Guns
Veja Kurt imitando "snake dance" de Axl Rose

5000 acessosSeparadas no nascimento: Pitty e Amy Winehouse5000 acessosMonsters Of Rock 2015: conheça a loira que "deu um show" com o Steel Panther5000 acessosVocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep5000 acessosChorão: cantor "reaparece" em show do Detonautas em Santos4718 acessosCannibal Corpse: música não é esporte, não existe "melhor"5000 acessosPhil Anselmo: vocalista fala de sua relação com as drogas

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online