Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemPrika Amaral diz que fica feliz com o sucesso alcançado banda Crypta

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemFãs de Stranger Things do Tik Tok querem cancelar o Metallica

imagemDavid Ellefson diz que você conhece seus amigos quando a m*rda bate no ventilador

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemGuitarrista do Skid Row diz que não fala com Sebastian Bach e não pensa em fazer pazes

imagemArtigo na Far Out Magazine aponta James Hetfield como pior letrista da história do metal

imagemFloor Jansen diz que achou que não fosse conseguir cantar nova música do Avantasia

imagemResenha - Max e Iggor Cavalera (Audio, São Paulo, 07/08/2022)

imagemAnthrax cancela mais um show que seria realizado no Texas


Stamp

Lemmy: tratando as pessoas como gostaria de ser tratado

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Fonte: PunkNews.org
Em 05/07/12

PunkNews.org recentemente conduziu uma entrevista com o capitão do MOTÖRHEAD Ian "Lemmy" Kilmister. Algumas partes da conversa você vê abaixo.

PunkNews.org: MOTÖRHEAD tem um som único, identificável. Eles nunca lançaram, digamos, uma rock opera ou álbum techno. Por que?

Lemmy: Bem, porque se você tem um som maneiro, por que foder com ele? Eu sempre pensei que soasse bem. Nós fizemos algumas peças experimentais. "1916" é experimental. Nós fizemos aquela faixa com o OZZY (OSBOURNE). O que eu queria fazer era em maior parte rock and roll, e eu fiz. É o que eu quero fazer, então eu ainda toco. Nós sempre fazemos o que queremos fazer. Eu não dou a mínima para o que outras pessoas pensam que nós deveríamos fazer.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

PunkNews.org: Você é conhecido como grande amante das mulheres, mas você também é conhecido como grande amante das mulheres no rock. Você tem sido muito falante no seu apoio a Joan Jett, Skin (da SKUNK ANANSIE), e muitos outros. No punk rock, parece que há uma desconexão entre apreciar os talentos de uma mulher e apreciar sua atratividade. É possível apreciar a atratividade de um músico do sexo feminino, sem transformá-la em um objeto?

Lemmy: Bem, por que diabos você não poderia fazer isso? É impossível? Certamente há pessoas que tem a mente fechada. Alguém pode estar falando merda, mas eu não me importo. Eu nunca trato as mulheres como objeto. Eu sempre fui honesto. Eu trato as pessoas como eu espero ser tratado. As mulheres, eles são iguais a mim, com peitos. Se elas querem ser loucas, bem, tudo bem, porque eu mesmo sou um pouco louco, às vezes. Se eles querem tocar rock, isso é ótimo, porque eu gosto de tocar rock também. Você deve tratar as pessoas da maneira que você gostaria de ser tratado. Se é arte boa, então é arte boa. Merda, eu gosto de mulheres.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

PunkNews.org: Certamente, você é uma lenda do rock hoje, mas, ao contrário de outras lendas do rock, você é sempre retratado como uma pessoa muito humana, diferente de, digamos, Kurt Cobain ou Janis Joplin. Por que você pensa que as pessoas pensam em você como uma pessoa e não como um ideal?

Lemmy: As pessoas me abordam o tempo todo, mas eu nem sempre sou notado. É por que quando eu vou pra rua, eu não levo guarda-costas comigo. Eu vou sozinho simplesmente. As pessoas que saem com guarda-costas me confundem. Ninguém os notaria sem eles. É realmente uma coisa que chama a atenção, não é? Eu nunca tive problema com isso.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guerra, suspense e fantasia: Os 3 filmes favoritos de Lemmy Kilmister

"Iron Fist" do Motorhead ganha edição comemorativa de quarenta anos

Fã de Ramones, Lemmy Kilmister declarou: "Nunca tive saco para o The Clash"

O show de despedida que o Motörhead (quase) fez em 1976

Lemmy Kilmister e seus cinco baixistas preferidos de todos os tempos

Motorhead: edição #3 do programa de álbuns ranqueados da Roadie Crew está no ar

Confira playlist com versões originais de músicas que Metallica gravou em "Garage Inc.".

Dorsal Atlântica: "O solo de Stalingrado se conecta com Bomber, do Motörhead"

O que Lemmy Kilmister aprendeu trabalhando como roadie de Jimi Hendrix

Parte das cinzas de Lemmy estão na estátua inaugurada no Hellfest

O baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

A opinião sincera de Lemmy Kilmister sobre os Beatles e os Rolling Stones

Slash diz que turnês de verão pela Europa não são as mesmas sem Lemmy

Estátua gigante de Lemmy é inaugurada no Hellfest realizado na França

Phil Anselmo e Gary Holt gravam cover de "Ace Of Spades" do Motörhead; veja vídeo

Loudwire: Krisiun na lista dos dez power trios mais pesados da história

Motorhead: O cover de "The Trooper" do Iron Maiden

A sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina Aguilera

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva.