Dream Theater: Petrucci explica gravação na Argentina

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: G1
Enviar Correções  

Em entrevista ao site G1, portal de notícias da Rede Globo, John Petrucci, guitarrista do DREAM THEATER, que faz 5 shows no Brasil a partir do dia 24, explicou por que a banda escolheu Buenos Aires para gravar o novo DVD da banda.

Segundo Petrucci, a escolha se deu por motivos "logísticos". "Queríamos gravar em uma cidade onde tivéssemos duas noites seguidas, para gravar mais músicas no DVD. Nossa experiência na América do Sul é inacreditável. É difícil escolher um local para gravar o show, então às vezes isso é definido por uma questão de logística, então os shows na argentina se encaixaram perfeitamente no que precisávamos", disse.

publicidade

Ainda na mesma entrevista ao G1, o guitarrista foi questionado sobre o que faria para "compensar" os brasileiros por não terem sido escolhidos para o registro em DVD. Petrucci prometeu que iria pensar em algo especial. "Existe rivalidade entre Brasil e Argentina? Não sabia disso. Vocês são vizinhos? Tenho que olhar a geografia. Precisaremos fazer algo diferente no Brasil para deixar os fãs felizes", disse ele.

publicidade

A entrevista completa, em que o guitarrista também fala da substituição de Mike Portnoy por Mike Mangini, você confere no G1:

http://g1.globo.com/musica/noticia/2012/08/som-e-espirito-do...

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Top 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idadeTop 10
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin