Led Zeppelin: de novo falando sobre reunião em conferência

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/10/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O LED ZEPPELIN se reuniu com a imprensa hoje cedo (Terça-feira, dia 9 de outubro) no Museu de Arte Moderna de Nova York, após a exibição do "Celebration Day". A banda - Robert Plant, Jimmy Page, John Paul Jones e Jason Bonham, preenchendo a vaga de seu falecido pai, John Bonham - falou sobre o show de reunião filmado em 10 de dezembro de 2007 no O2 Arena em Londres e realizado como um tributo ao co-fundador da Atlantic Record, Ahmet Ertegun.

833 acessosHard Rock e Metal: em vídeo, os dez álbuns mais vendidos nos EUA5000 acessosVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)

Sobre se iremos ver mais alguns shows do Led Zeppelin:

Plant: "Naquela noite, estávamos apenas curtindo a vida. Nós estávamos assistindo uns aos outros, estávamos muitos felizes, com certeza. Foram momentos bem empolgantes. A responsabilidade de tocar quatro noites no restante da semana é uma coisa diferente. Somos muito bons no que fazemos, mas a cauda nunca deve balançar o cachorro. Se nós somos capazes de fazer algo em nosso tempo, isso é o que vai acontecer. Então, são perguntas fúteis, você deve apenas pensar realmente sobre o que é preciso para responder a uma pergunta como essa em um segundo. Nós conhecemos o nosso potencial".

Page: "Eu acho que se nós tivéssemos a oportunidade de ficarmos juntos de novo, como foi no O2, e se as coisas não ficassem desconfortáveis como no Live Aid e no Atlântic 40, etc, nós entraríamos em um acordo e tocaríamos para as pessoas que talvez nunca nos ouviram, que ouviram falar dessa reputação quando estávamos prestes a ficar de pé, basicamente, considerando o que nós éramos. Isso é o que eu sinto, de qualquer forma".

Plant: "Eu acho que a expectativa é uma coisa horrível. Se você tocar na África, você sabe que vai ter um bom momento e trabalhar com as pessoas, nada mais além disso. É assim que nós começamos em uma sala, com o pai de Jason há muito tempo atrás. Então, para fazer qualquer coisa juntos, é um sacrifício, porque às vezes nós somos horríveis. Mas às vezes nós ficávamos impressionados como quando tentávamos ficar entrosados. Eu acho que nós fomos impulsionados por Jason, seu entusiasmo e seus óculos escuros. Ele realmente trouxe uma atmosfera diferente e com expectativa, porque ele conhece muito mais sobre nós do que nós mesmos. Ele tem todos os bootlegs, e mantém contato com as pessoas que fazem os bootlegs".

A banda vai aparecer novamente hoje à noite na estréia do filme no Teatro Ziegfeld.

Um pequeno vídeo da conferência de hoje pode ser visto abaixo.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Led ZeppelinLed Zeppelin
Myles Kennedy fala sobre a audição para a banda em 2008

833 acessosHard Rock e Metal: em vídeo, os dez álbuns mais vendidos nos EUA609 acessosLed Zeppelin: Bonham é homenageado com placa em sua cidade natal736 acessosLed Zeppelin: advogados exigem que reclamantes paguem as custas1400 acessosThem Crooked Vultures: Grohl diz que banda deve retornar em breve132 acessosSina: "Whole Lotta Love" do Led com jovens amigos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Led ZeppelinLed Zeppelin
E se John Bonham não tivesse morrido?

Led ZeppelinLed Zeppelin
Jason comenta sobre as tensões entre Page e Jones

Led ZeppelinLed Zeppelin
Page explica o porquê de não haver um "Vol. V"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

VozVoz
10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas (Parte I)

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

Bandas IniciantesBandas Iniciantes
17 maneiras de assassinar sua carreira musical

5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos5000 acessosOs Simpsons: bandas de Rock na versão amarela5000 acessosMetallica: os motivos da saída de Jason Newsted5000 acessosSlayer: As letras da banda não expressam a fé de Araya5000 acessosBush: recusar o Metallica foi um acerto; aceitar o Anthrax também5000 acessosMúsica Clássica e Metal: estudo diz que fãs são parecidos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de outubro de 2012

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online