Skid Row: todo mundo tem treta com Sebastian Bach

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/04/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


917 acessosSebastian Bach: cantor faz cirurgia relacionada ao vocal5000 acessosQuais são os rockstars mais chatos do mundo?

O baixista e fundador do SKID ROW, RACHEL BOLAN, telefonou para o jornalista JOHN PARKS e travou uma longa conversa na última semana, quando, dentre muitos tópicos, falou sobre a gravação do novo EP da banda, turnês e beber do inesgotável poço da rebeldia.

O que segue abaixo é uma compilação de alguns trechos traduzidos da entrevista.

Eu literalmente acabei de ouvir ao álbum algumas horas atrás pela primeira vez e eu estou curtindo. Não soa como uma produção datada, mas quase parece que ele pega a bola de onde “Slave To The Grind” deixou.

Isso é incrível.

Isso estava na cabeça de vocês, que vocês queriam que o disco tivesse aquele espírito, mas a pegada da banda de 2013?


Sabe, eu gostaria de dizer que somos inteligentes e que tivemos essa ideia [risos], mas eu acho que nós sabíamos que deveríamos voltar a nossas raízes. Nosso último disco [“Revolutions Per Minute”, de 2006] foi tão experimental. As pessoas o acharam estranho. Nós também, mas isso é algo que todo mundo faz na carreira, você tem que fazer um disco estranho. Quando Snake e eu estávamos compondo para esse primeiro EP, nós deliberadamente não escutávamos ao rádio e ao invés disso, escutávamos as coisas que nos influenciaram à medida que crescíamos, as coisas que basicamente nos ajudaram a compor os dois primeiros discos. Foi assim que fizemos dessa vez e isso é o que resultou daquilo e quanto mais escrevemos, mais parece que acertamos a mão de novo. É estranho cara, quando você tem uma carreira que perdura há tanto tempo, fica fácil demais afastar-se de suas raízes. Se você faz um esforço consciente para tentar e prestar atenção a o que suas raízes musicais foram, parece que as coisas começam a fluir. Eu fico muito feliz ao ouvir você dizer isso sobre ‘Slave’, porque enquanto gravávamos, todos ficávamos dizendo, “cara, isso parece meio com ‘Slave To The Grind’”. Estamos maravilhados.

[...]

Eu não falo com vocês da banda desde que eu entrevistei Johnny Solinger e fui subsequentemente banido de todos os eventos futuros envolvendo seu ex-vocalista… que não conseguia lembrar-se do seu nome.

[risos] Certo…

Você acha que a essa altura do campeonato, toda essa conversa de vocalista é meio que um assunto morto e enterrado? Johnny já fez discos demais e tocou shows demais, era para que as pessoas já tivessem entendido isso.

Eu concordo. Johnny está na banda faz quase 14 anos, eu acredito que as pessoas entendem que ele é o vocalista do Skid Row. É bem óbvio. Esses EPs serão o terceiro álbum dele, por assim dizer. Certo, rolou muito tempo entre um disco e outro, mas na real, foi assim com os dois primeiros álbuns também. É só a maneira que trabalhamos e é parte da razão pela qual decidimos lançar uma série de EPs ao invés de um LP. Johnny está aqui pra ficar esse as pessoas não entenderam isso até agora, provavelmente nunca entenderão. O que quero dizer é que eu conheço pessoas que ainda não ouvem AC/DC porque Bon Scott não está cantando [risos], o que é absolutamente ridículo, porém… verdadeiro.

Eu ouvi a entrevista de Snake no programa de Eddie Trunk alguns dias atrás para esclarecer os boatos de reunião que estavam meio que pipocando ano passado, o que foi bom, porque uma das coisas que é mencionada constantemente por curiosos é que você foi o único empecilho da reunião e que todo mundo está afim. Claro, você pode me mandar um ‘sem comentários’ e eu entendo perfeitamente, mas eu ainda quero perguntar a você diretamente, por aqueles fãs que continuam a afirmar isso. Há QUALQUER verdade quanto ao sentimento de que há alguma treta exclusiva, que rola estritamente entre você e ele?

Eu preferia não falar sobre ele, mas eu posso dizer que acho que todo mundo tem uma treta com ele, honestamente. Eu sei o que é do lado de cá, dizendo que Snake, Scotti e eu sabemos de nossos sentimentos em relação a isso,mas nós escolhemos ignorar os comentários dele porque na real, isso não tem importância alguma.

[...]

Então a programação de lançamentos é um a cada seis meses, vocês já começaram a gravar as faixas de “United World Rebellion – Chapter 2”?

Não começamos a gravar o segundo, temos algumas músicas e provavelmente vamos trabalhar nisso entre os shows desse verão. Já temos algumas escritas, mas precisamos escrever mais algumas. Então vamos terminar isso e daí imediatamente começar as demos esse tipo de coisa.

Você mencionou que o vinil é um item de colecionador, e que as vendas de vinil são muito fortes na Europa. Há alguma possibilidade de os fãs poderem colecionar essa trinca em vinil?

Sim, estamos discutindo isso com [a gravadora] Megaforce e também com nosso selo europeu, o UDR. Eu sei que o UDR está falando sobre uma edição especial e estou esperando mesmo que uma delas seja em vinil, então é algo que temos que tentar e sentar pra falar com eles e ver se poderíamos fazer algo do tipo acontecer. [...]

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 04 de abril de 2013

Skid RowSkid Row
Reunião chegou a ter shows marcados, diz Bach

917 acessosSebastian Bach: cantor faz cirurgia relacionada ao vocal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sebastian Bach"

Sebastian BachSebastian Bach
Ele é uma diva e não quer tocar em casas pequenas

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Sebastian Bach e Fernanda Lima

Skid RowSkid Row
Tudo sobre o clássico "I Remember You"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Skid Row"0 acessosTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"

HumorHumor
Quais são os rockstars mais chatos do mundo?

Sílvio SantosSílvio Santos
"The Number Of The Beast" em ritmo de festa, ôôôeeee

AC/DCAC/DC
As 10 melhores músicas da banda com Bon Scott

5000 acessosSeparados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco5000 acessosOs dez maiores picaretas da música internacional5000 acessosFrances Bean Cobain: assustada com tatuagem de fã3948 acessosSlayer: "Nunca tentamos ser algo que não somos"5000 acessosAerosmith: banda tem outro vocal na coxia para cantar por Tyler?5000 acessosJason Newsted: o Metallica vive em seu próprio mundo

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online