Kiss: Gene nega dublagem e joga a batata quente pro Motley Crue

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 28/08/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

No último domingo, dia 25 de Agosto, realizou-se mais uma edição do já entediante festival anual de premiações da igualmente entediante MTV estadunidense. Durante o evento, a crooner juvenil MILEY CYRUS apresentou-se fazendo gritante uso do recurso conhecido como playback, ou seja, pura e descarada dublagem [não que os demais artistas do elenco daquela noite tenham funcionado de modo muito distinto].

3842 acessosPaul Stanley: "guitarristas não aprendem a fazer base"5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série

Foi no dia seguinte, comentando via Twitter a performance de Cyrus que o baixista e fundador da banda nova-iorquina KISS, GENE SIMMONS, chamou a atenção de um fã, de nome JASON, e que tem uma conta na mesma rede social sob o login @BaronToutenberg. Ao expressar seu desgosto por todo artista que faça uso de gravações em shows ao vivo, Simmons desencadeou uma série de ataques e acusações do mesmo ‘crime’ por parte de Jason, e o que segue abaixo é uma tradução do dialogo travado entre os dois:

@GeneSimmons: “Cyrus/VMA? Achei legal. Se outras cantoras rompem barreiras, por que não ela?... contudo, eu odeio dublagem de Karaokê seja por quem for.”

@BaronToutenberg: “Você fez uma turnê com o Mötley Crüe, trilhas pré-gravadas de vocais de fundo, assim como para o baixo e a guitarra, você é hipócrita? [trabalhei na equipe deles e tenho provas].”

@BaronToutenberg: “Quando você promoveu aquela turnê, você disse, SEM FITAS”

De fato, o vídeo abaixo, da coletiva de imprensa anunciando a turnê conjunta entre o Crüe e o Kiss, mostra Gene atacando artistas que fazem uso de gravações e dizendo que naquela turnê ‘não se permitiria cantores de karaokê’, e que isso ‘é coisa pra Rihanna’:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

@BaronToutenberg: “Você tem sorte que ninguém [ainda] te processou pela turnê com o Mötley Crüe. Você disse ‘SEM FITAS’ ao promovê-la.”

@GeneSimmons: “...Nós somos o KISS. Nós tocamos música ao vivo. Ponto final.”

@BaronToutenberg: “Eis você aqui mentindo para os fãs do KISS. Você disse SEM FITAS naquela turnê...& o Mötley OBVIAMENTE as usou...” [nesse post, Jason linka o vídeo já anexado acima]

@GeneSimmons: “...Nossa banda se chama KISS. O que você quer provar? E você, é Barão?”

@BaronToutenberg: “Eu amo KISS, só estava imaginando por que você divulgou uma turnê e disse que o Mötley e o KISS não usariam fitas, quando o MÖTLEY as usou MUITO."

Após esse tweet, outro usuário, @Pabz_Barca1899, catalão radicado em Londres, interveio na arenga:

@Pabz_Barca1899: “Isso é o Mötley Crüe, você tem alguma prova de que o Kiss usa fitas de fundo?”

@BaronToutenberg: “O KISS usou fitas na turnê HOT IN THE SHADE, em BETH. Participação no [programa televisivo] Solid Gold nos anos 80, e em MUITOS outros shows. Está tudo no YouTube.”

@GeneSimmons: “...e você quer provar o quê, jovem? Problema com outra banda? Mande os emails devidos para ELES. Eu estou numa banda chamada KISS.”

Depois desse último Tweet, Gene bloqueou Jason, e o assunto tem se prolongado nos fóruns da web [fã de KISS choramingando? Ah vá!?!] . Com a discussão estendida ao MÖTLEY CRÜE, tanto Jason como Simmons estão provavelmente certos.

Quem estava no show da banda no Brasil em 2011 deve ter percebido. Havia um canal aberto com vocais de fundo o tempo todo [o que se faz bastante compreensível, já que seria impossível reproduzir o refrão de músicas como ‘Wild Side’, ‘Girls Girls Girls’ e ‘Kickstart My Heart’ sem outras vocalistas no palco, e sairia caro excursionar com duas ou três fora dos EUA dada a relação custo benefício -não são tantas músicas assim que necessitam dessa sorte de artifício].

Quanto ao baixo de Nikki, se alguém tiver um vídeo do show, pode ver que na primeira faixa, “Wild Side”, há problemas com o microfone de Nikki [ele demonstra bastante irritação com isso], mas o refrão come solto mesmo assim. Este autor e alguns amigos, bem próximos do palco no lado de Sixx, pudemos perceber que na introdução de ‘Primal Scream’, o que ele fazia no instrumento e o que saía no PA eram suspeitamente distintos.

Ainda assim, numa época de pré-sets e afinadores computadorizados, já é regra que uma banda de maior porte fique presa a certas regras ditadas pela programação de sequenciadores e clocks, o que às vezes pode resultar em erros honestos, como ocorreu com o baterista do Mötley Crüe, TOMMY LEE e seu piano à execução de “Home Sweet Home”, em Moscou, ainda em junho do ano passado [atenção para a marca de 1’50”]:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

457 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita752 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

KissKiss
Nova foto de Gene machucado após queda em aeroporto

KissKiss
A impressionante comprovação de que Gene é super bem dotado

KissKiss
"Não voltarei à banda", diz Bruce Kulick

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Tablóide"0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

SupernaturalSupernatural
Ouça 10 músicas que marcaram a série

GuitarrasGuitarras
As 15 músicas mais complicadas para tocar

RestartRestart
Trecho de "Enter Sandman" no VMB 2010

5000 acessosMetallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV5000 acessosCinema: o melhor e o pior dos rockstars em filmes5000 acessosSepultura: Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera5000 acessosNirvana: Polícia de Seattle libera novas fotos do corpo de Cobain3847 acessosMetaleiro: popularizado no 1º RIR, termo continua polêmico4566 acessosSteven Adler: é difícil para ele ver o Frank Ferrer tocar suas músicas

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online