Sepultura: "Os Cavalera deram as costas para a banda"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Dando sequência à infindável arenga que envolve os ex e atuais membros do SEPULTURA, essa semana temos o guitarrista do grupo, ANDREAS KISSER, sendo entrevistado pelo site MTV IGGY e declarando-se a respeito do rompimento com os irmãos Cavalera:

"Para os fãs do Sepultura, há muitos Sepulturas na cabeça deles. Não é só porque Max e Igor saíram. Se você comparar os álbuns que fizemos juntos, de ‘Schizophrenia’ até ‘Roots’, são bandas totalmente diferentes – mas com a mesma formação. Todos nós mudamos, todos nós crescemos. A escolha de sair da banda foi deles. Nós nunca despedimos nenhum músico no grupo. Nós só demitimos nossa empresária depois da turnê de ‘Roots’, e Max escolheu sair e ficar com ela e iniciar uma carreira solo. Ele não se importou com o nome naquele tempo. Ele só virou as costas e disse, ‘Vão se foder, eu sou melhor sozinho’. E Igor saiu 10 anos depois, ele não se importou em lutar pelo nome tampouco. É como muitos pais que tem filhos e os abandonam. Para os Cavalera, o Sepultura é como um filho abandonado. Eles nos deram as costas e saíram. Mas é muito bom estar aqui e manter o nome do Sepultura forte, trazendo novos elementos aos álbuns. O espírito do Sepultura nunca mudou, e é por isso que ainda estamos aqui como Sepultura."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose

Cinco contra um?: Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcouCinco contra um?
Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcou


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336