Metallica: "And Justice foi o disco em que nos exibimos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

"... And Justice For All", o quarto álbum de estúdio da banda, foi o primeiro a romper a barreira do Top 10 da parada da Billboard e a marca de um milhão de cópias vendidas. Em 2013 o frontman da banda, JAMES HETFIELD, conversou com o site ArtistDirect a respeito do disco.

Gibson: as dez melhores composições épicas do rockWhiplash.Net: O site protege algumas bandas e prejudica outras?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Excursionar pra divulgar aquele disco, eu vejo ele como o nosso álbum sofisticado, a gente se exibindo, 'somos músicos progressivos loucos. A gente sabe tocar pra valer aqui! ' [risos] Fazer aquilo funcionar desse modo é um desafio, e eu amo essa parte da coisa."

O disco foi também o primeiro long play de estúdio a ter o baixista JASON NEWSTED, e James se recorda: "Não foi a primeira vez com Jason Newsted, mas foi o primeiro disco de estúdio pra valer que ele apareceu e meio que foi ouvido no álbum [risos]. Isso aí já dá pra mais uma sessão de terapia completa!"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"


Dave Mustaine: eu toco as músicas do Metallica por diversãoDave Mustaine
"eu toco as músicas do Metallica por diversão"

Metallica: John Bush relembra quando foi chamado para ser o vocalistaMetallica
John Bush relembra quando foi chamado para ser o vocalista


Gibson: as dez melhores composições épicas do rockGibson
As dez melhores composições épicas do rock

Whiplash.Net: O site protege algumas bandas e prejudica outras?Whiplash.Net
O site protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336x280