Beatles: remasters em vinil de 180g de Red, Blue, Love e 1

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/11/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Os vindouros relançamentos em LP de vinil dos BEATLES – “Red 1962 – 1966” & “Blue 91967 – 1970”, além do disco “Love” e “1” – não serão prensados exclusivamente pela eficiente Quality Record Pressings estadunidense.

3473 acessosUlrich no U2: ele perdeu para McCartney a chance de tocar bateria5000 acessosCovers inusitados: COB tocando Britney? Shakira tocando ACDC?

Haverá um lote inicial de 10 mil cópias prensadas na Europa pela Optimal Media, a mesma prensa que confeccionou o box set dos Beatles em versão mono. Apenas depois de esse lote ter se esgotado é que o produto da QRP será enviado às lojas.

Assim sendo, as cópias em LP que chegam às lojas no dia 9 de dezembro serão todas europeias. As versões da QRP chegam em 2015. Ambas as versões são produzidas em prensagens de 180 gramas. Números de catálogo diferentes serão impressos nas capas, de modo a diferenciar, para comodidade dos colecionadores, as versões de uma fábrica e de outra.

‘Red’ e ‘Blue’ foram trabalhados a partir das fitas analógicas originais usadas para produzir os LPs originais na década de 60, com algumas poucas exceções, diz o engenheiro de masterização do ABBEY ROAD, SEAN MAGEE.

Ele afirma que as fitas usadas originalmente para produzir os dois LPs duplos foram usadas novamente com algumas mudanças: as versões em mono usando a equalização do box set monaural substituíram as poucas faixas em ‘faux stereo’ usadas à época. E claro, ainda vai ter fã que vai implicar com isso.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de novembro de 2014

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

2257 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1352 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento255 acessosVersões: Clássicos que você talvez não saiba, ou não lembre que são0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Metal HammerMetal Hammer
Os maiores hits do rock eleitos em votação

Beatles e FloydBeatles e Floyd
Veja aponta PT como responsável pelas separações

Rock BritânicoRock Britânico
Antes dos Beatles já haviam bandas tocando na Inglaterra

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"

Covers inusitadosCovers inusitados
COB tocando Britney Spears? Shakira tocando ACDC?

Iron MaidenIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden, antes da fama

5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosRatos de Porão: O elogio de João Gordo aos garotos do Restart5000 acessosAquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-cola5000 acessosDuff McKagan: "quero trabalhar com Izzy pelo resto da minha vida"5000 acessosImmortal: fotos de Horgh se divertindo no Brasil3004 acessosKiss: 10 músicas gravadas com formações completamente alternativas

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online