Rammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karen Batista, Fonte: Alternativo Alemão
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em entrevista em 2015 para a revista espanhola LA HEAVY, Till Lindemann, o gigantesco frontman do Rammstein, deu uma declaração um tanto curiosa ao comentar sobre uma das músicas de seu novo projeto LINDEMANN (em parceria com Peter Tägtgren, do Hypocrisy e do Pain), intitulada "Fat".

Lindemann: ouça nova música do projeto que une Rammstein e HypocrisySgt. Peppers: O mais importante disco da história?

"Me sinto sexualmente atraído por mulheres gordas com peitos e bundas grandes, e essa música é um incentivo para elas. Elas não precisam ter vergonha de mostrar o charme delas, e poderiam ter mais autoconfiança. Se alguém rir delas, eu quebro a cara dele."

A entrevista completa, com mais detalhes sobre o projeto LINDEMANN pode ser lida no link abaixo.

http://alternativoalemao.com/lindemann-la-heavy/

Em uma outra entrevista, para a revista holandesa AARDSCHOK (que pode ser lida aqui, Till também fez um comentário sobre as mulheres de formas mais generosas:

"Ainda vivemos em um mundo com um ideal de beleza muito exaltado. As gordinhas ainda são escanteadas. Elas são rejeitadas pela aparência, mas com essa música eu quero encorajá-las: 'você merece estar aqui, mostre a si mesma'. E sim, eu mesmo adoro uma mulher mais cheinha. Curvas dão uma sensação melhor do que pele sobre osso."

A música "Fat" faz parte do single do LINDEMANN, "Praise Abort".

Comente: Curvas dão uma sensação melhor do que pele sobre osso?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rammstein"Todas as matérias sobre "Lindemann"Todas as matérias sobre "Till Lindemann"


Lindemann: ouça nova música do projeto que une Rammstein e HypocrisyLindemann: ouça música do projeto que reúne Rammstein e Hypocrisy

Sebastian Bach: Foo Fighters é legal, mas Rammstein é o infernoSebastian Bach
Foo Fighters é legal, mas Rammstein é o inferno

Rammstein: Alemanizando explica todo o clipe DeutschlandRammstein
Alemanizando explica todo o clipe "Deutschland"

Tá na Capa: O Rammstein e o passado nazista da AlemanhaTá na Capa
O Rammstein e o passado nazista da Alemanha


Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

Heavy Metal: as piores capas dos grandes artistas do gêneroHeavy Metal
As piores capas dos grandes artistas do gênero

Bon Jovi: Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atrizBon Jovi
Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atriz

Megadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?Megadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?

System of a Down: E se o Padre Marcelo cantasse Chop Suey?System of a Down
E se o Padre Marcelo cantasse Chop Suey?

Capas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da históriaCapas de álbuns
As mais obscuras e marcantes da história


Sobre Karen Batista

Germanófila desde 2004, após uma epifania ao ouvir "Mein Herz Brennt" do Rammstein pela primeira vez na faculdade de Artes. Além de escrever sobre as bandas da cena alternativa alemã para o Whiplash.Net, contribui como designer gráfica para o fã-clube oficial americano do próprio Rammstein e trabalha como tradutora. Twitter: @karenbrlin.

Mais matérias de Karen Batista no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336