Bill Ward: "'13' é um monte de estrume", diz ex-batera do Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O álbum de reunião de ¾ do BLACK SABBATH, ‘13’, lançado há dois anos, pode ter tido enorme repercussão mundial, mas o baterista emérito do grupo, BIL WARD, disse ao jornalista estadunidense EDDIE TRUNK que nem consegue escutar ao CD completo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando ao Eddie Trunk Podcast, ele discorreu sobre os temos usuais que lhe são questionados nos últimos anos: a banda seguir sem ele mesmo depois de terem anunciado que a reunião seria integral. Claro, do ponto de vista de Ward, a empreitada ‘não foi sucesso algum. ’

Bill não refuta que sob o ponto de vista da turnê [que estava mais celebrando os maiores sucessos da era Ozzy do que promovendo a 13, tal como apontou recentemente o gabaritado jornalista bretão MICK WALL], a coisa foi bem-sucedida. Quando ao álbum em si, a opinião dele é bem menos generosa:

"Eu não estava interessado na porra do álbum ‘13’. Eu ouvi uns 20 compassos daquilo e daí desliguei e disse, ‘Isso é um monte de estrume’, a verdade é essa. E eu não tinha o menor interesse no que eles estavam fazendo na estrada. "

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Em vídeo: Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americanoEm vídeo
Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americano

AC/DC: Perguntas e respostas e curiosidades diversasAC/DC
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin