Metallica: "James e Lars não precisam de outra pessoa na bolha"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Garcia, Fonte: Site Road to Metal
Enviar Correções  

Em entrevista recente ao site gaúcho Road to Metal, o lendário baixista JOEY VERA (ARMORED SAINT, FATES WARNING) falou sobre o novo álbum do Armored, "Win Hands Down", e também um pouco de história, e, claro, as vezes em que foi cogitado a ingressar no METALLICA.

David Bowie: a última foto pública e a última foto privada

Separados no nascimento: sou só eu, ou eles são parecidos?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira o que ele falou a respeito, e mais alguns trechos da entrevista:

Joey você é conhecido por sua excelente técnica e poder de composição, esses adjetivos chamaram a atenção do Metallica. Eu sei que você provavelmente já respondeu a essa pergunta milhares de vezes, mas, por que você não aceitou entrar no Metallica após a morte de Cliff Burton? Quando Jason Newsted deixou a banda o seu nome também foi lembrado. Naquele momento eles vieram falar com você sobre isso? (acho que você não aceitaria o cargo, porque talvez você não teria liberdade criativa no Metallica.)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Joey: Bem, eles fizeram contato comigo, mas não pelas razões que você indicou. Eles estavam em um momento terrível e tendo de fazer audições de baixistas, e eles odiavam. Eles queriam tocar com amigos, pessoas que conheciam, por isso Lars me chamou para uma jam e ver o que acontecia. Mas eu estava bem em meios às gravações de "Raising Fear" com o Saint. Eu não estava em um momento da minha vida em que eu estava procurando uma mudança. Eu não senti que era o momento certo de deixar a minha banda, e amigos de infância, bem no meio disso. Então, eu não quis. Eu não era o cara certo. Jason era.

publicidade

Joey: Quando Jason deixou a banda ele mencionou o meu nome na imprensa uma vez, e isso é o fim de tudo. Em retrospectiva, eu não acho que eu teria sido criativamente feliz no Metallica. James e Lars são uma grande equipe. Eles não precisam de outra pessoa dentro da bolha. Mas eu gosto da música que eu fiz e todas as pessoas que eu trabalhei desde então, eu não poderia imaginar minha vida de outra maneira.

E sobre a produção novo álbum do ARMORED SAINT, Joey, entre outras coisas comenta:

Joey: "Bem, acho que nossa banda sempre foi um pouco "simples" em termos de produção. Gastamos um monte de discos tentando capturar o nosso som "ao vivo", afinal nós somos uma banda de alta energia ao vivo. Mas desta vez, eu queria ir um pouco além em termos de produção. Eu queria que fosse épico. Também estou envolvido em diferentes tipos de música e é divertido achar um lugar para adicionar instrumentos étnicos ou sons estranhos. Foi um exercício para desafiar a criatividade, mantendo um sentido ou urgência"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o FATES WARNING:

Joey: "Tocar com Fates tem sido muito gratificante. Em tantos níveis. Fiz grandes amigos para toda a vida, eu toquei com alguns dos melhores músicos da cena e eu me tornei um músico e compositor muito melhor. Estar no Fates fez-me um músico melhor. Totalmente."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia entrevista completa com este grande músico acessando o link abaixo:

http://roadtometal.com.br/2015/09/entrevista-armored-saint-t...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


David Bowie: a última foto pública e a última foto privadaDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

Separados no nascimento: sou só eu, ou eles são parecidos?Separados no nascimento
Sou só eu, ou eles são parecidos?


Sobre Carlos Garcia

Antes de tudo sou um colecionador, que começou a cair de cabeça no Metal e Classic Rock quando o Kiss esteve no Brasil em 1983, a partir daí não parei mais. Criei fanzines, como o Zine Barulho, além de colaborar com outros zines e depois web zines e sites, como os saudosos Metal Attack e All the Bangers. Atualmente sou um dos editores e redator do Road to Metal. O melhor de tudo são as amizades que fazemos, além do contato e até amizade com alguns de nossos heróis.

Mais matérias de Carlos Garcia no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 WhiFin GooAdHor Goo336 Cli336