Reabilitação: juiz monta banda de rock com jovens condenados

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mário Pescada, Fonte: Folha
Enviar Correções  

O juiz da Vara da Infância e da Juventude Dalmir Franklin de Oliveira decidiu formar uma banda de rock com outros jovens. Até aí, nada demais, não fosse o fato dos integrantes dessa banda serem os menores infratores que ele mesmo condenou por diversos tipos de crimes, como tráfico, roubo e homicídio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda, que recebeu o nome de Liberdade, não possui membros fixos e tem se apresentado no Case (Centro de Atendimento Socioeducativo) da cidade gaúcha de Passo Fundo. No repertório, além do rock nacional como LEGIÃO URBANA e ENGENHEIROS DO HAWAII, um pouco de sertanejo, ritmo preferido dos internos.

Para participar da banda não basta ter vontade, é preciso que os menores tenham bom comportamento e responsabilidade. Menos da metade dos garotos podem participar da banda e segundo o magistrado, até o momento, não houve nenhum incidente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os garotos também contam com aulas de percussão, ritmo e harmonia. Um detalhe importante: o projeto, que já tem seis anos, não conta com nenhuma verba pública, apesar dos bons resultados e todos os instrumentos foram comprados e doados por Dalmir.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Sarah Jessica Parker e o mascote EddieSeparados no nascimento
Sarah Jessica Parker e o mascote Eddie

Enjaulados: Os crimes mais chocantes da história do rockEnjaulados
Os crimes mais chocantes da história do rock


Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336