Matérias Mais Lidas

ZZ Top: banda continuará sem Dusty Hill; vamos honrar seu desejoZZ Top
Banda continuará sem Dusty Hill; "vamos honrar seu desejo"

Iron Maiden: lendário show no Hammersmith, de 1982, finalmente chega ao streaming; ouçaIron Maiden
Lendário show no Hammersmith, de 1982, finalmente chega ao streaming; ouça

Corey Taylor: Não podíamos trabalhar junto com JordisonCorey Taylor
Não podíamos trabalhar junto com Jordison

Whitesnake: por que Glenn Hughes nunca foi chamado para a banda, segundo CoverdaleWhitesnake
Por que Glenn Hughes nunca foi chamado para a banda, segundo Coverdale

Whitesnake: vocalista e multi-instrumentista Dino Jelusick é o novo integranteWhitesnake
Vocalista e multi-instrumentista Dino Jelusick é o novo integrante

Angra: a reação de Edu Falaschi ao saber que Marcelo Barbosa entraria para a bandaAngra
A reação de Edu Falaschi ao saber que Marcelo Barbosa entraria para a banda

Cannibal Corpse: por que eles não queriam participar do filme Ace Ventura, de Jim CarreyCannibal Corpse
Por que eles não queriam participar do filme Ace Ventura, de Jim Carrey

Ozzy Osbourne: veja a reação dele ao ouvir solo isolado de Randy Rhoads em Crazy TrainOzzy Osbourne
Veja a reação dele ao ouvir solo isolado de Randy Rhoads em "Crazy Train"

ZZ Top: Ozzy Osbourne e Paul Stanley homenageiam o falecido Dusty HillZZ Top
Ozzy Osbourne e Paul Stanley homenageiam o falecido Dusty Hill

Sinistra: o que aconteceu com a banda, que surgiu e logo sumiu? Luis Mariutti respondeSinistra
O que aconteceu com a banda, que surgiu e logo sumiu? Luis Mariutti responde

ZZ Top: Dusty Hill, baixista da banda, morre aos 72 anos de idadeZZ Top
Dusty Hill, baixista da banda, morre aos 72 anos de idade

Nightwish: banda fez show secreto na Finlândia se passando por banda coverNightwish
Banda fez show secreto na Finlândia se passando por banda cover

Joey Jordison: o dia que ele substituiu Lars e arrebentou tocando Creeping DeathJoey Jordison
O dia que ele substituiu Lars e arrebentou tocando "Creeping Death"

Iron Maiden: edição nacional do novo álbum Senjutsu está em pré-venda no BrasilIron Maiden
Edição nacional do novo álbum "Senjutsu" está em pré-venda no Brasil

Lobão: O Rock In Rio de 85 foi muito ruim para o rock brasileiroLobão
O Rock In Rio de 85 foi muito ruim para o rock brasileiro


Pentral

Primordium: propagando a cultura egípcia com brutalidade

Por Leonardo M. Brauna
Fonte: Brauna Music Press
Em 25/11/17

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Lá pelos idos de 1999 a cidade de Natal/RN viu surgir uma das bandas de death metal mais fiéis ao seu propósito que o underground brasileiro já notou, o Primordium. Como maior parte dos grupos em início de carreira, a banda passou seus primeiros anos em busca de uma formação adequada, o que resultou na gravação da demo ensaio "The Grand Elevation of Pagan Temple" (2001).

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Durante aquele mesmo ano, o Primordium iniciou seus estudos sobre a cultura egípcia e isso resultou em seu novo direcionamento, pois todo o mistério daquela civilização que envolve seus deuses, mitos e crenças passaram a modelar a sua música e estética gráfica. "A inspiração maior foi a questão enigmática que o Egito provoca nas pessoas", explica o vocalista Gerson Lima.

Em 2002, a banda grava a demo "The Sacred Valley of the Kings", já constituída pela função lírica. O trabalho que contou com quatro composições foi bem criticado em revistas como "Rock Brigade", "Roadie Crew" e "Valhalla" chamando a atenção de zines, distros e produtores de eventos, aproveitando ao máximo aquela fase de ascensão no cenário extremo.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Após dez anos realizando shows pelo Nordeste brasileiro e criando novas composições, em 2012 o Primordium apresentou o EP "Gates of Re-staú: Conjuration of Daemon Apopi", que foi uma prévia do que viria a ser o seu ‘debut’ oficial.

O álbum "Todtenbuch" é lançado oficialmente em Maio de 2014 pela gravadora potiguar Rising Records. Um trabalho conceitual composto por onze músicas baseadas no misticismo do "Livro dos Mortos do Antigo Egito" de E. A. Wallis Budge. No mesmo ano, o Primordium volta a ser destaque na cena pela citação de "Todtenbuch" nas listas de melhores do ano da revista Roadie Crew, "Acclamatur Zine", blogs "Arena Metal" e "Chronium Sun" da República do Chipre.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2015, após participação em várias coletâneas e cumprimento de shows em várias capitais no Brasil, a banda é convidada a dividir palco com o Nile (EUA), em Recife/PE.

Em junho de 2017, oficialmente é apresentado ao público o segundo ‘full length’, "Old Gods". Agora a Rising Records une forças com a Metal Under Store para o lançamento em formato ‘digipack’, com arte gráfica de Sandro Freitas – mesmo ilustrador de "Todtenbuch" – e ‘booking’ elaborado por Alcides Burn. O novo álbum, formado por dez canções e uma releitura para a música "Chernobyl" da banda Hammeron, tem sua temática voltada ao surgimento da vida e das primeiras divindades egípcias.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Formação:
Gerson Lima: vocal;
Thiago "Lux Tenebrae" Varella: guitarra;
Alex Duarte: guitarra;
João Felipe Santiago: baixo;
Lucas Somenzari: bateria.

Discografia:
The Grand Elevation Of Pagan Temple – Demo (1999)
The Sacred Valley Of Kings – Demo (2002)
Gates Of Re-staú: Conjuration Of Daemon Apopi - EP(2012)
Todtenbuch – Full Length (2014)
Old Gods – Full Length (2017)

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna.