Richie Sambora: "deve ser ruim ser eu sem gatas e grana", disse a Phil X

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rolling Stone
Enviar Correções  

O guitarrista Richie Sambora contou, em entrevista à Rolling Stone, como foi o reencontro com os integrantes do Bon Jovi, banda que integrou de 1983 a 2013, para a indução ao Rock And Roll Hall Of Fame. O grupo fez parte da classe de 2018, ao lado de Dire Straits, Moody Blues, The Cars, Nina Simone e Sister Rosetta Tharpe.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segundo Sambora, o reencontro foi amistoso e não houve tanta dificuldade em relembrar as músicas para tocar com o Bon Jovi durante a cerimônia. "Está tudo no corpo. Você tem que se lembrar, estive na banda por 31 anos. Fiz aqueles shows todas as noites. Poderia fazer aquelas coisas mesmo sonâmbulo", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, o músico disse que tem uma "energia diferente", provavelmente em menção a seus substitutos - Phil X e John Shanks. "As pessoas querem Coca-Cola, a coisa real. Querem ouvir aqueles sons, aquele tipo de atitude. E os caras que estão tocando guitarra, John Shanks e Phil X, ambos são grandes guitarristas por si mesmos", pontuou.

Richie revelou, ainda, uma brincadeira feita com Phil X nos bastidores. "Estava zoando com Phil, disse a ele nos bastidores: 'ei, deve ser ruim ser eu sem as gatas e o dinheiro' (risos). E ele começou a rir...", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O reencontro com Jon Bon Jovi, por sua vez, foi um pouco mais caloroso, segundo Sambora. "Ele veio e me deu um beijo, dei um beijo de volta. Ele disse: 'eu te amo'. Eu disse: 'também te amo, cara, vamos em frente'", disse.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosMetallica
Ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos

Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336