Scorpions: James Kottak admite que é um "alcoólatra em recuperação"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: IndiePower / Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baterista James Kottak falou, em entrevista ao IndiePower (transcrição via Blabbermouth), sobre a sua batalha contra o alcoolismo. O problema lhe custou, em 2016, seu posto como integrante do Scorpions, banda da qual fazia parte desde 1996 - atualmente, a vaga é ocupada por Mikkey Dee.

James Kottak: ex-Scorpions diz que todos os policiais devem ser homensSlayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Kottak destacou, inicialmente, que seu rompimento com o Scorpions foi "amigável". "Tive meus problemas com alcoolismo, não vou negar. Estive em recuperação por dois anos. Não sou perfeito, tenho lutado. Tenho altos e baixos, mas estou trabalhando duro em meu programa e não fico pregando, não saio falando: 'não beba'. É minha situação pessoal", afirmou.

O músico pontuou, ainda, que não teve problemas com outras substâncias além do álcool. "Agradeço a Deus por não ser um viciado em pílulas - nunca foi a minha praia. E é isso. Reconheço e estou trabalhando para melhorar. Eu tenho a genética, sou um alcoólatra, mas estou trabalhando nisso. Não sou especial. Sou só um cara que toca bateria em uma banda de rock. O lance é que tenho o gene e sou alcoólatra, mas estou trabalhando nisso. É progresso, não perfeição", disse.

Atualmente, James Kottak trabalha na reunião do Kingdom Come, ao lado dos guitarristas Danny Stag e Rick Steier, do baixista Johnny B. Frank e do vocalista Keith St. John, que substitui Lenny Wolf, nome original do grupo que recusou-se a participar do projeto. A banda vai celebrar o 30° aniversário de seu primeiro disco, autointitulado, com uma turnê pelos Estados Unidos.

"Todos começaram a falar: 'você precisa tocar o primeiro disco na íntegra'. Ok, faremos isso. Só tem 10 músicas e 48 minutos. O segundo disco é incrível, então, colocamos mais quatro ou cinco músicas dele. Como Keith St. John e eu tocamos no Montrose, vamos tocar uma música deles. E, claro, vamos tocar algo do Zeppelin, porque eu amo Zeppelin. Será divertido, uma festa. Não há tanta seriedade", disse Kottak sobre a reunião do Kingdom Come.

Assista à entrevista, na íntegra, no player de vídeo a seguir (em inglês, sem legendas).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Scorpions"Todas as matérias sobre "Kingdom Come"


James Kottak: ex-Scorpions diz que todos os policiais devem ser homensJames Kottak
Ex-Scorpions diz que todos os policiais devem ser homens

Scorpions e Whitesnake: bandas anunciam mini tour pela Oceania em 2020Em 25/10/1955: nascia o guitarrista Matthias Jabs, da banda Scorpions

Grandes covers: cinco versões para Wind Of Change, do ScorpionsGrandes covers
Cinco versões para "Wind Of Change", do Scorpions

Grandes covers: cinco versões para "Blackout", do Scorpions

Biologia: brasileira presta homenagem a Angra, Maiden, Scorpions e Def LeppardBiologia
Brasileira presta homenagem a Angra, Maiden, Scorpions e Def Leppard

Músicas imortais: Still Loving You, uma grande baladaMúsicas imortais
"Still Loving You", uma grande balada

James Kottak: ex-Scorpions critica comerciais com casais de diferentes etniasJames Kottak
Ex-Scorpions critica comerciais com casais de diferentes etnias

Scorpions: banda publica vídeos profissionais de show em ManausScorpions
Banda publica vídeos profissionais de show em Manaus

Scorpions: "Amazonia Part 5", "Still Loving You" e "Hurricane" em Recife

Scorpions: Paulo Baron da Top Link Music presenteia Rudolf Schenker com jaquetaScorpions
Paulo Baron da Top Link Music presenteia Rudolf Schenker com jaqueta

Scorpions: eleito o melhor show de todo o Rock in Rio 2019 em enquete do G1Scorpions
Eleito o melhor show de todo o Rock in Rio 2019 em enquete do G1

Scorpions: eleitos pelo G1 a melhor banda do Dia do Metal no Rock in Rio 2019

Scorpions: celebrando nas redes todos os 45 shows em 19 cidades do BrasilScorpions
Celebrando nas redes todos os 45 shows em 19 cidades do Brasil

Scorpions: veja o setlist que a banda vai tocar no Rock in RioScorpions
Veja o setlist que a banda vai tocar no Rock in Rio

Scorpions: Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãsScorpions
Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãs

Músicas imortais: Still Loving You, uma grande baladaMúsicas imortais
"Still Loving You", uma grande balada

Scorpions: baterista afirma ter saído por odiar as músicasScorpions
Baterista afirma ter saído por odiar as músicas


Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Bruce Dickinson: vocalista elege seus 5 álbuns preferidosBruce Dickinson
Vocalista elege seus 5 álbuns preferidos

Metallica: A reação de James a famosos usando camisetas da bandaMetallica
A reação de James a famosos usando camisetas da banda

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal HammerSupergrupos
Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer

Pactos?: Os envolvimentos de bandas com ocultismoPactos?
Os envolvimentos de bandas com ocultismo

Megadeth: Ellefson não é membro fundador, explica MustaineMegadeth
Ellefson não é membro fundador, explica Mustaine

Debandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhorDebandados
Saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhor


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336