Beatles: fim da banda foi decisão de John Lennon, diz Paul McCartney

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Howard Stern / Estadão
Enviar correções  |  Ver Acessos

A decisão de encerrar os Beatles foi de John Lennon. A afirmação é de Paul McCartney, que falou sobre o fim da banda, em entrevista ao programa de rádio de Howard Stern.

Terry O'Neill: Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantesGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos

"Eu sei quem acabou com os Beatles, foi John. Não acho que ninguém tentou apontar o dedo para ninguém, mas foi dessa forma. Foi feita uma reunião em que John disse: 'ei, pessoal, estou saindo da banda'", disse.

Em seguida, McCartney falou sobre a presença de Yoko Ono, esposa de John Lennon, em meio às atividades dos Beatles. "John amava mulheres fortes. Sua mãe era, sua tia que o criou era. [...] Ele encontrou Yoko Ono e, mesmo que pensássemos que ela era meio intrusa, aparecendo nas sessões de gravações, olhando para trás agora dá para perceber como ele estava totalmente apaixonado por ela. Você tem que respeitar isso", afirmou.

Por fim, o músico refletiu sobre o assassinato de John Lennon, em 1980. Ele disse que sente "abençoado" por Lennon e ele terem parado de se atacar em composições solo antes de seu falecimento. "Se não tivesse acabado e John fosse assassinado, eu não sei como lidaria com isso", disse.

Assista à entrevista (em inglês, sem legendas).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Beatles"Todas as matérias sobre "Paul McCartney"Todas as matérias sobre "John Lennon"


Terry O'Neill: Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantesTerry O'Neill
Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantes

Beatles: morre aos 82 anos Robert Freeman, fotógrafo da bandaBeatles
Morre aos 82 anos Robert Freeman, fotógrafo da banda

Taylor Hawkins: Tudo o que veio depois dos Beatles é uma cópia muito boaTaylor Hawkins
"Tudo o que veio depois dos Beatles é uma cópia muito boa"

Sucesso: gráfico em vídeo mostra artistas mais vendidos de 1969 a 2019Resenha - Abbey Road - Beatles

Foo Fighters: Taylor Hawkins cita os discos favoritos de quando era criançaFoo Fighters
Taylor Hawkins cita os discos favoritos de quando era criança

Foo Fighters: Dave Grohl revela canção em homenagem a George HarrisonFoo Fighters
Dave Grohl revela canção em homenagem a George Harrison

Grandes covers: dez versões para "All My Loving", dos Beatles

Ringo Starr: eterno baterista dos Beatles lança o álbum What's My Name; ouçaRingo Starr
Eterno baterista dos Beatles lança o álbum What's My Name; ouça

Regis Tadeu: coisas que você não sabia sobre o "Sgt. Peppers" dos Beatles

Beatles: qual foi o maior erro cometido por Brian Epstein?Beatles
Qual foi o maior erro cometido por Brian Epstein?

Megadeth: Dave Mustaine elege seu top 5 da Austrália e UKMegadeth
Dave Mustaine elege seu top 5 da Austrália e UK


Guitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidosGuitar World
Revista elege os 50 guitarristas mais rápidos

Sepultura: Pavarotti gravou uma versão de Roots Bloody Roots?Sepultura
Pavarotti gravou uma versão de "Roots Bloody Roots"?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336