Amon Amarth: Johan solta o verbo dizendo que religiões são violentas e alienadoras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vinícius Oliveira, Fonte: Metal Hammer, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em uma entrevista à Metal Hammer, Johan Hegg, o vocalista do Amon Amarth, soltou o verbo e criticou as religiões, que segundo ele, aliena o pensamento crítico das pessoas.

Amon Amarth: Possíveis shows em Março de 2020O futuro do Rock nacional: bandas autorais devem "se tocar"

"Religião é a raiz de todo o mal. É uma ferramenta poderosa para reprimir as pessoas e, também, bastante ridícula. Se estudarmos a história das principais religiões, cristianismo e islamismo, concluímos que foram as mais violentas, mas supostamente deveriam ser religiões da paz. Em regra, não é bom às pessoas, pois as impedem de pensar criticamente e usufruírem de vidas saudáveis. As pessoas têm o direito de acreditarem no que quiserem, mas não é algo lógico. E esse é o problema: a religião incentiva às pessoas a não pensarem."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Amon Amarth"


Amon Amarth: Possíveis shows em Março de 2020Amon Amarth
Possíveis shows em Março de 2020

Amon Amarth: homem é esfaqueado em show da bandaAmon Amarth
Homem é esfaqueado em show da banda

Amon Amarth: banda lança vídeo de "Shield Wall", música do álbum mais recente

Kiss: as dez mais pesadas releituras de músicas da bandaKiss
As dez mais pesadas releituras de músicas da banda

Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL


O futuro do Rock nacional: bandas autorais devem se tocarO futuro do Rock nacional
Bandas autorais devem "se tocar"

Andreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarristaAndreas Kisser
Os álbuns que marcaram o guitarrista


Sobre Vinícius Oliveira

Herói de pub irlandês e estudante de cinema. Há pouco obtive o diploma de direito, embora quisesse um PhD em Jornalismo Etílico, sob orientação de Hunter S. Thompson.

Mais matérias de Vinícius Oliveira no Whiplash.Net.

adGoo336