Ghost: Tribunal de apelações rejeita argumento dos antigos membros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vittória Coutinho, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Simon Soderberg, Mauro Rubino, Henrik Palm e Martin Hjertstedt pediram um novo julgamento alegando que o juíz do caso, Henrik Ibold, deve ser dispensado por conflito de interesse pois ele e Forge fazem parte da maçonaria sueca.

Tatuagens: Homenagens a artistas e bandas na pele dos fãs - Parte 1Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Forge, que fundou o Ghost há nove anos, foi processado pelos quatro ex-membros em abril de 2017. Eles acusaram o cantor de enganá-los por sua parte legítima dos lucros dos lançamentos do álbum da banda e das turnês mundiais.

Em 17 de outubro de 2018, encerrando o caso, os quatro ex-membros da banda também foram obrigados a pagar os honorários legais do Forge, o que pode chegar a aproximadamente US$ 146.000.

O advogado dos músicos, Michael Berg escreveu em documentos judiciais que "deve ter sido quase impossível" para o juiz Henrik Ibold "avaliar objetivamente e imparcialmente" o caso. Essa acusação é baseada no fato de que tanto Tobias quanto Henrik pertencem à Ordem Sueca dos Maçons.

Na decisão, o tribunal escreveu que na Suécia há uma liberdade constitucional de associação, o que significa que todos os cidadãos - até mesmo os juízes - têm o direito de pertencer a organizações.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O mero fato de que um juiz e o réu no caso em que o juiz está tomando são membros da Ordem Sueca de Maçonaria, não significa que o juiz" esteja operando sob um conflito de interesses, disse o presidente do tribunal, Charlotte Brokelind. No entanto, o tribunal de apelações escreveu na decisão que o juiz deveria ter informado as partes envolvidas de sua associação assim que soubesse que Forge também poderia ser um membro. Tendo dito isso, "sua falha em fazê-lo não é suficiente para justificar uma desqualificação", escreveu o tribunal.

Em uma entrevista com a NT.se, Henrik negou ter descoberto que Forge era um membro da Ordem Sueca da Maçonaria, mas admitiu que "tinha ouvido alguns rumores de que poderia ser".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Forge respondeu que "nenhuma parceria legal" existiu entre ele e os outros ex-membros, que eles recebiam um salário fixo para se apresentar como sua banda de apoio, e que eles eram essencialmente músicos de sessão.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ghost"


Ghost: Tobias Forge comenta como é deixar de ser anônimoGhost
Tobias Forge comenta como é deixar de ser anônimo

Covers: Bandas de Metal tocando faixas de artistas de outros estilos (Parte I)Covers
Bandas de Metal tocando faixas de artistas de outros estilos (Parte I)


Tatuagens: Homenagens a artistas e bandas na pele dos fãs - Parte 1Tatuagens
Homenagens a artistas e bandas na pele dos fãs - Parte 1

Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVMetallica
James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV


Sobre Vittória Coutinho

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Vittória Coutinho no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280