Megadeth: tentaram tudo por reunião com formação clássica, diz Ellefson a Kiko

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: YouTube
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baixista David Ellefson disse, em entrevista ao canal do guitarrista Kiko Loureiro no YouTube, que ele e o vocalista e guitarrista Dave Mustaine tentaram "de tudo" para reunir a formação considerada clássica do Megadeth. Além dos dois "Daves", a line-up mais aclamada da banda também contava com Marty Friedman nas seis cordas e Nick Menza na bateria.

Músicas imortais: "Countdown To Extinction", um grito pela preservação do meio ambienteVersões originais: 10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

A ideia de uma reunião da formação, responsável por álbuns como "Rust In Peace" (1990) e "Countdown To Extinction" (1992), surgiu após o guitarrista Chris Broderick e o baterista Shawon Drover terem deixado o Megadeth em 2014. Nick Menza, inclusive, chegou a ensaiar com a banda, mas a questão contratual não foi devidamente solucionada e ele ficou de fora da formação. O grupo se "reformulou" com Kiko Loureiro e Chris Adler - este último apenas em estúdio, para gravar "Dystopia" (2016), enquanto Dirk Verbeuren assumiu a vaga em definitivo.

Agora, uma reunião dessa formação não é mais possível, já que Nick Menza faleceu em 2016, vítima de problemas cardíacos. David Ellefson relembrou que soube da morte do ex-colega por meio de Dave Mustaine.

"Dave ficou arrasado e eu só pensava: 'que diabos aconteceu?'. Nick morreu no palco, tocando com outro ex-integrante do Megadeth, Chris Poland. Chris e eu não tivemos a chance de conversar por muitos meses após isso, mas, agora, nos reconectamos e isso é ótimo", contou.

Ellefson lembrou que "apesar de não ter dado certo" a sequência de Menza como integrante do Megadeth, em meados de 2014, foi tentado "de tudo". "E nós deixamos que os fãs ficassem sabendo. Dave e eu nos sentimos bem em dar sequência ao Megadeth, pois pensamos: 'nós tentamos, demos tudo o que pudemos para funcionar e simplesmente não era para ser'. Deixamos isso de lado. Com a morte de Nick, não houve aquele sentimento de: 'oh Deus, eu queria ter tentado'. Nós tentamos. Havia muita paz em nosso mundo quando Nick nos deixou", afirmou.

O baixista disse, ainda, que o baterista vivia dizendo que "queria morrer no palco" - o que, de fato, aconteceu. "Era uma brincadeira para chocar as pessoas, mas era interessante, tanto que ele mesmo diz isso em seu livro. E falando com o filho dele, soube que Nick estava em paz", comentou.

Confira a entrevista no player de vídeo a seguir (em inglês, com legendas em português que podem ser ativadas).

Apesar de destacar que houve uma tentativa de reunir a formação original do Megadeth, David Ellefson não entra em detalhes sobre um suposto convite feito a Marty Friedman. O guitarrista segue em carreira estável como músico solo, focado no público japonês, onde ele reside atualmente.

Vale destacar que, segundo o próprio Nick Menza, seu retorno ao Megadeth não ocorreu por questões financeiras. Ele descreveu o acordo oferecido pela banda como "muito injusto".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Músicas imortais: Countdown To Extinction, um grito pela preservação do meio ambienteMúsicas imortais
"Countdown To Extinction", um grito pela preservação do meio ambiente

Megadeth: pequena cronologia da historia da banda disco por discoMegadeth
Pequena cronologia da historia da banda disco por disco

Grandes covers: cinco versões para Hangar 18, do MegadethGrandes covers
Cinco versões para "Hangar 18", do Megadeth

Grandes covers: cinco versões para "Holy Wars... The Punishment Due"

Megadeth: por que a banda vai abrir para o Five Finger Death PunchMegadeth
Por que a banda vai abrir para o Five Finger Death Punch

Grandes covers: cinco versões para a excelente "Tornado Of Souls"

Megadeth: David Ellefson fala sobre Risk, vinte anos depoisMegadeth
David Ellefson fala sobre Risk, vinte anos depois

Desencontro com Kiko Loureiro: as frustrações de um Guitar Hero (vídeo)Desencontro com Kiko Loureiro
As frustrações de um Guitar Hero (vídeo)

Megadeth: Mustaine está indo bem na batalha contra o câncer, afirma EllefsonMegadeth
Mustaine está indo bem na batalha contra o câncer, afirma Ellefson

Megadeth: cinco curiosidades sobre o clássico Rust In PeaceMegadeth
Cinco curiosidades sobre o clássico Rust In Peace

Megadeth: Mustaine talvez não esteja presente no Megacruise, afirma EllefsonMegadeth
Mustaine talvez não esteja presente no Megacruise, afirma Ellefson

Em 24/09/1990: Megadeth lançava Rust In Peace, o magnum opus da bandaEm 24/09/1990
Megadeth lançava Rust In Peace, o magnum opus da banda

Megadeth: Dave Mustaine está indo bem contra o câncer, diz EllefsonMegadeth
Dave Mustaine está "indo bem" contra o câncer, diz Ellefson

Em 23/09/1990: Megadeth lançava o single "Holy Wars... The Punishment Due"

Megadeth: um passeio de ida e volta pelo Hangar 18Megadeth
Um passeio de ida e volta pelo Hangar 18

Dave Mustaine: quem poderia substituir Dimebag numa reunião do Pantera?Dave Mustaine
Quem poderia substituir Dimebag numa reunião do Pantera?

Megadeth: os 10 bens mais preciosos de Dave MustaineMegadeth
Os 10 bens mais preciosos de Dave Mustaine

Metallica: The Unforgiven é a música favorita de MustaineMetallica
"The Unforgiven" é a música favorita de Mustaine


Versões originais: 10 músicas que foram tomadas emprestadasVersões originais
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

Musas inspiradoras: as esposas mais lindas dos rockstarsMusas inspiradoras
As esposas mais lindas dos rockstars

Brian May: eu não sabia que Freddie era GayBrian May
"eu não sabia que Freddie era Gay"

Metallica: Hetfield elege as suas dez músicas favoritasMetallica
Hetfield elege as suas dez músicas favoritas

Dimebag Darrell: Se quiser um idiota para cantar chamo AnselmoDimebag Darrell
"Se quiser um idiota para cantar chamo Anselmo"

Evanescence: Majura pega pesado com Phil após episódio racistaEvanescence
Majura pega pesado com Phil após episódio racista


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336