Tim "Ripper" Owens: chamando a Nike de racista após polêmica com bandeira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Twitter
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista Tim "Ripper" Owens, ex-integrante do Judas Priest, fez uma crítica à Nike por meio das redes sociais. Para ele, a empresa é "racista e unilateral".

Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposSlash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

O comentário de Ripper foi feito, ao que tudo indica, como uma resposta ao modelo de tênis Air Max 1 Quick Strike Fourth of July, lançado pela Nike, que estampa uma versão antiga da bandeira dos Estados Unidos com apenas 13 estrelas. A "bandeira Betsy Ross", cujo nome faz alusão à costureira que a desenvolveu, é considerada racista por diversas personalidades, pois era usada no país no período em que a escravidão era legalizada.

O lançamento do tênis gerou polêmica nos Estados Unidos e o atleta Colin Kaepernick, que se tornou uma voz contra o racismo nos Estados Unidos, chegou a pedir para que a Nike não colocasse o produto no mercado, avisando sobre a conexão da bandeira com a escravidão. O pedido foi atendido pela empresa, que retirou os sapatos de circulação.

Muitas pessoas opinaram sobre o caso nas redes sociais - e uma delas foi Tim "Ripper" Owens, que costuma se manifestar sobre política nas redes sociais, especialmente em apoio ao presidente dos EUA, Donald Trump.

O cantor publicou, no Twitter: "Ei @nike. Que tal lançar sapatos que ninguém pode comprar? Acho que precisamos de igualdade para todos, não apenas para pessoas com dinheiro ou que roubam sapatos".

Um fã comentou que a Nike odeia a América, enquanto Owens respondeu: "Você está certo. É uma empresa racista unilateral, é uma vergonha. Para eles, tudo bem ter sapatos feitos por escravos e, depois, cobrar US$ 200 por eles. Não há igualdade com a Nike!".



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Tim Owens"Todas as matérias sobre "Judas Priest"


Primal Fear: Scheepers lembra tentativa de entrar no JudasPrimal Fear
Scheepers lembra tentativa de entrar no Judas

Judas Priest: vão nos deixar um legado de grandes memóriasJudas Priest
Vão nos deixar um legado de grandes memórias


Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos

Slash: Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia comporSlash
"Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.