Beatles: o que Keith Richards disse a Paul McCartney sobre a banda que o impressionou

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

Paul McCartney refletiu sobre o legado dos Beatles em entrevista à revista "GQ". Durante o bate-papo, ele comentou sobre uma declaração feita pelo guitarrista dos Rolling Stones, Keith Richards, a respeito do trabalho do "Fab Four".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O assunto veio à tona após o entrevistador perguntar se Paul McCartney costuma pensar sobre a posição única que ocupa. "Sempre! Tipo, sempre. Apenas me dê um drink e me faça perguntas", disse, inicialmente, antes de revelar o que Keith Richards disse sobre a banda que o impressionou, de certa forma.

"Lembro de Keith Richards dizer para mim: 'vocês têm quatro cantores, nós temos apenas um!'. Pequenas coisas assim me fazem pensar: 'uau'. Isso é muito incomum. E todos éramos não só cantores, como compositores", declarou.

McCartney disse que adora falar sobre como os Beatles "funcionavam", em tom de análise, porque traz tantas boas lembranças a ele. Ele, então, começou a divagar sobre o quão estranho era ter quatro caras na mesma cidade que tivessem talentos tão extraordinários.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É tudo muito incomum, porque, em primeiro lugar: como esses quatro caras se conheceram? Ok, eu tinha meu melhor amigo, Ivan, que conhecia John (Lennon). Eu fazia o trajeto de ônibus para a escola e tinha um garotinho que subia na parada seguinte, e era GeorgE (Harrison). É meio aleatório. Ringo (Starr) era um cara de Dingle que conhecemos em Hamburgo e que achamos um ótimo baterista", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para ele, a ideia de "todas essas pessoas aleatórias em Liverpool se juntando e conseguindo fazer a coisa funcionar" é quase impensável. Apesar disso, a banda não era tão boa em seus primórdios.

"Nós não éramos bons. Com o tempo que ficamos em Hamburgo, nós ficamos bons, praticando. Se alguém puxasse o verso "'I'm gonna tell Aunt Mary 'bout Uncle John", não ficávamos olhando um para o outro pensando em qual tom era aquela música. Era tipo: bam! Todos sabiam que era 'Long Tall Sally' e tocavam. Tínhamos muito em comum e isso é só no aspecto musical, pois há outros aspectos também", pontuou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lemmy: as pessoas se tornam melhores quando morremLemmy
"as pessoas se tornam melhores quando morrem"

Mascotes de bandas: GigWise elege os 14 mais famososMascotes de bandas
GigWise elege os 14 mais famosos


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336 Goo336 Cli336