Matérias Mais Lidas

Slipknot: Nunca pesquisem Duality no YouTube, alerta fã de k-pop assustadaSlipknot
"Nunca pesquisem Duality no YouTube", alerta fã de k-pop assustada

Metallica: Newsted era um líder, mas teve que voltar a ser empregado, diz EllefsonMetallica
Newsted era um líder, mas teve que voltar a ser empregado, diz Ellefson

Metallica: baterista de jazz ouve Enter Sandman pela primeira vez e reproduzMetallica
Baterista de jazz ouve "Enter Sandman" pela primeira vez e reproduz

Guns N' Roses: como eles dividiram ganhos em Appetite - e por que Axl levou maisGuns N' Roses
Como eles dividiram ganhos em "Appetite" - e por que Axl levou mais

Mötley Crüe: em vídeo, Tommy Lee dá zoom no bumbum da esposa para elogiar paparazzoMötley Crüe
Em vídeo, Tommy Lee dá zoom no bumbum da esposa para elogiar paparazzo

Detetive virtual: foto de punk inglês com caveira de Tiririca é montagem; veja realDetetive virtual
Foto de punk inglês com caveira de Tiririca é montagem; veja real

Dio: 14 músicas que definem a carreira da lenda, segundo a Classic RockDio
14 músicas que definem a carreira da lenda, segundo a Classic Rock

Epica: A banda está de volta, revigorada, em novo álbumEpica
A banda está de volta, revigorada, em novo álbum

Axl Rose: gentil e como Batman, como ele gravou participação em Scooby-DooAxl Rose
Gentil e como Batman, como ele gravou participação em "Scooby-Doo"

Matt Sorum: Duff não tinha palavras pra dizer que ele não estaria na reunião do GunsMatt Sorum
Duff não tinha palavras pra dizer que ele não estaria na reunião do Guns

RATM: Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarraRATM
Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarra

Lacuna Coil: fãs queriam ver live, mas viram a banda em silêncio; leia explicaçãoLacuna Coil
Fãs queriam ver live, mas viram a banda em silêncio; leia explicação

Vinny Appice: ele temeu briga com o incontrolável Bill Ward ao conhecê-loVinny Appice
Ele temeu briga com o "incontrolável" Bill Ward ao conhecê-lo

AC/DC: Amigo de Brian ouviu o Back in Black, achou horrível e o chamou pra beberAC/DC
Amigo de Brian ouviu o "Back in Black", achou horrível e o chamou pra beber

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda


Elize Ryd: como Anette Olzon, ex-Nightwish, foi principal inspiração no Amaranthe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

A cantora e compositora Elize Ryd conquistou destaque na cena metal com o Amaranthe, banda que mescla elementos do power metal, death metal, metalcore e até da música pop. Curiosamente, uma das grandes influências da artista sueca para conduzir o projeto foi o trabalho de Anette Olzon no Nightwish, entre 2007 e 2012.

Foto: Jaakko Manninen - divulgação
Foto: Jaakko Manninen - divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao jornalista Gustavo Maiato, publicada pelo blog Rebel Rock, Elize revelou que a atuação de Anette no Nightwish, ocupando a vaga deixada por Tarja Turunen, mostrou a ela que "não é preciso cantar ópera para cantar metal". O público, no fim das contas, estava aberto a outros tipos de vocal nesse segmento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inicialmente, ela contou que considerou trabalhar apenas como compositora do Amaranthe, sem assumir os vocais. "Em primeiro lugar, sou compositora do Amaranthe. As pessoas podem confundir qual é o meu papel na banda, porque podem achar que eu sou só a cantora. É raro ver uma mulher escrever músicas dentro do metal, mas eu crio as linhas melódicas para a voz. Eu canto as músicas que escrevo. No começo, achei que não iria me encaixar e pensei até em procurar uma mulher para cantar minhas composições", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com a chegada de Anette Olzon ao Nightwish, Elize Ryd sentiu que uma nova gama de possibilidades se abriu no segmento. "Isso mudou quando eu ouvi a Annete Olzon no Nightwish. Ela foi minha principal inspiração. Eu pensei: 'nós temos a mesma educação musical, eu frequentei a mesma escola de música que ela'. Eu percebi que não é preciso cantar ópera para cantar metal", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dessa forma, a artista notou que ela própria poderia cantar suas composições. Amy Lee, do Evanescence, também foi citada como inspiração. "Percebi que isso era aceito pelo público. Outra banda importante para mim foi o Evanescence. A maneira que a Amy Lee canta me influenciou", afirmou.

Ryd reconhece que foi alvo de críticas no começo de sua carreira devido ao seu tipo de voz. "As pessoas pensavam que pela minha voz ser do jeito que é, o significado e a profundidade das músicas não seriam fortes. Você precisa explicar isso para as pessoas e manter o foco. Eu mostrei que era profissional e trabalhei duro para construir tudo", comentou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após uma década de trabalho com o Amaranthe, na visão dela, o público entendeu que "o que importa é a paixão pela música, pelo metal". "Queremos criar coisas novas e não queremos destruir nada que foi feito. Minha voz é um fator muito importante nessa questão do Amaranthe querer soar diferente, porque é um tipo de voz diferente. As coisas aconteceram da forma que deviam. Eu não tenho mais vergonha da minha voz, eu não posso mudá-la, mesmo se eu quisesse. Não posso querer cantar como a Floor Jansen. Isso não podia me frear", concluiu.

A entrevista com Elize Ryd pode ser lida, na íntegra, no site de Gustavo Maiato.

Elize Ryd no Nightwish?

Embora Anette Olzon tenha sido escolhida como vocalista do Nightwish em 2007, a própria Elize Ryd foi cotada para o posto. Em entrevista anterior, à Metal Hammer Portugal, a cantora do Amaranthe falou sobre o assunto.

"Se tivesse ido para Nightwish, não haveria Amaranthe. Tudo acontece por uma razão. Acredito no destino (risos)", declarou ela, na ocasião.

A artista disse que a situação a deixou motivada para dar sequência em sua carreira. "Acho que me deu um empurrão e tive a confirmação de que a minha voz era boa o suficiente para entrar em uma grande banda como Nightwish. Deu-me mais confiança", comentou.

A reportagem aponta que a idade de Elize Ryd pode ter sido determinante para que ela não ficasse com a vaga. Na época, a cantora tinha pouco mais de 20 anos - e o trabalho de ocupar o posto deixado por Tarja demandava alguém com um pouco mais de experiência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nightwish: Elize Ryd diz que ser cotada para substituir Tarja Turunen a motivouNightwish
Elize Ryd diz que ser cotada para substituir Tarja Turunen a motivou

Anette Olzon: ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sextaAnette Olzon
Ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sexta


Stamp
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Elize Ryd: como Anette Olzon, ex-Nightwish, foi principal inspiração no AmarantheElize Ryd
Como Anette Olzon, ex-Nightwish, foi principal inspiração no Amaranthe

Nightwish: Elize Ryd diz que ser cotada para substituir Tarja Turunen a motivouNightwish
Elize Ryd diz que ser cotada para substituir Tarja Turunen a motivou


Vozes: As 50 maiores da história do RockVozes
As 50 maiores da história do Rock

Iron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 2008Iron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.