Matérias Mais Lidas

Rodolfo Abrantes: ele sentiu presença maligna em shows do Slayer e Marilyn MansonRodolfo Abrantes
Ele sentiu presença maligna em shows do Slayer e Marilyn Manson

Aquiles Priester: em 1992, dispensado de gravação por não conseguir tocar com clickAquiles Priester
Em 1992, dispensado de gravação por não conseguir tocar com click

Dave Mustaine: veja as primeiras guitarras da parceria dele com a GibsonDave Mustaine
Veja as primeiras guitarras da parceria dele com a Gibson

Fender: apagando post considerado machista sobre guitarras e mulheres brasileirasFender
Apagando post considerado machista sobre guitarras e mulheres brasileiras

Tom Morello e Ted Nugent: a amizade entre um militante da Esquerda e um conservadorTom Morello e Ted Nugent
A amizade entre um militante da Esquerda e um conservador

Guns N' Roses: DJ Ashba recusou convite para ficar na banda após volta de SlashGuns N' Roses
DJ Ashba recusou convite para ficar na banda após volta de Slash

Metallica: ouça primeira vez que Master Of Puppets foi tocada (com Mustaine no rolê)Metallica
Ouça primeira vez que "Master Of Puppets" foi tocada (com Mustaine no rolê)

Black Sabbath: 13 bandas que não estariam aqui sem o Black SabbathBlack Sabbath
13 bandas que não estariam aqui sem o Black Sabbath

Slayer: Dave Lombardo conta que kits de bateria que usava com a banda foram furtadosSlayer
Dave Lombardo conta que kits de bateria que usava com a banda foram furtados

Alice Cooper: músico comentou sobre acusações contra Marilyn MansonAlice Cooper
Músico comentou sobre acusações contra Marilyn Manson

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas
A história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Udo Dirkschneider: por que ele voltou atrás e seguiu cantando músicas do AcceptUdo Dirkschneider
Por que ele voltou atrás e seguiu cantando músicas do Accept

Iron Maiden: como soaria se Enter Sandman, do Metallica, fosse deles? VejaIron Maiden
Como soaria se "Enter Sandman", do Metallica, fosse deles? Veja

Queensryche: vocalista desce a lenha em governador que suspendeu uso de máscarasQueensryche
Vocalista desce a lenha em governador que suspendeu uso de máscaras

Metallica: Eu me sinto cada vez mais dinamarquês, afirma Lars UlrichMetallica
"Eu me sinto cada vez mais dinamarquês", afirma Lars Ulrich


Flavio Maranhao

Melhores de 2020: As escolhas do redator Daniel Tavares

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Enviar Correções  

É. O ano que passou foi um ano estranho. E o ano que passou ainda nem passou direito. Continuamos trancados em nossas casas, sem poder ficar se batendo uns nos outros num bom mosh pit. Fortalecemos os laços com pessoas de timezones diferentes enquanto quebramos a ligação com pessoas que, praticamente, nos viram nascer. E o que a política separou, nem a música une mais. Mas vamos falar de música, da música de 2020, que parou em março e ainda não acabou. Se não foi um ano com shows, foi um ano com muitos, muitos discos bons, muitas lives, um ano que será lembrado não só pela fatídica pandemia, mas também pela qualidade e quantidade da produção musical.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Elenco abaixo os álbuns que mais ouvi neste 2020. Não os melhores, como de costume. Não tenho essa pretenção, mas álbuns que me fizeram companhia neste ano difícil e vão como boas recomendações.

1. Sepultura - Quadra

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um disco cujo primeiro single se chamava "Isolation". Infelizmente, foi o disco que escreveu, em janeiro, a história do ano, com pessoas isoladas, cada um em sua "quadra" e fogo na Amazônia e no Pantanal.

2. The Troops of Doom - The Rise of Heresy (EP)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um EP que vale por um álbum inteiro. Nada de viuvice aqui (veja o primeiro álbum que listei), esse foi o EP mais celebrado do ano apenas porque foi o melhor.

3. Imperial Triumphant - Alphaville

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jazz, Black Metal, World Music. Só três expertos em música poderiam juntar esses três estilos e criar músicas com o poder, a inventividade da IMPERIAL TRIUMPHANT. "Alphaville" é uma ode a Nova York e tudo o que ela tem de melhor (e pior).

4. Pearl Jam - Gigaton

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vez por outra o PEARL JAM lança um álbum realmente interessante. Com a adição de alguns elementos "estranhos" à sua música e, como sempre, algumas melodias mais cativantes que a média, GIGATON lança os holofotes novamente sobre a (nova) música do PEARL JAM.

5. AC/DC - PWR/UP

Um disco pra fazer você se lembrar porque gosta de Hard Rock e Heavy Metal. De novo.

6. Omminous - Immensity

O Ceará já mostrou que sabe fazer Heavy Metal, então esse álbum de estreia da OMMINOUS não surpreende ninguém. Talvez só os gringos que nunca ouviram falar do Ceará.

7. Heretic - (dis) Covering

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confesse, você já ouviu e continua se emocionando com a maioria dessas músicas. A HERETIC, embora tenha um trabalho autoral consistente, resolveu homenagear grandes canções Pop vestindo-as com sua roupagem meio oriental. O resultado é pra deixar no repeat.

8. Lucifer - III

publicidade

O rock que faz suas veias ferverem ainda está de volta. Emulando bandas dos anos 70, mas com um som muito moderno e instigante, a LUCIFER lança mais um álbum que você tem que ouvir.

Biff Byford – School of Hard Knocks

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Você já conhece a voz de Biff Byford nas canções de um dos ícones da NWOBHM, mas agora pode também vê-la a serviço de estilos que talvez não caibam tanto (a maioria, pelo menos) em sua banda principal. "School of Hard Knocks" é um brinde ao Rock and Roll.

LORDI – Killection (A Fictional Compilation Album)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Só digo uma coisa: ouça essa rádio.

Menção Honrosa: 5. Obskure - Overcasting (Deluxe - relançamento)

Um dos álbuns essenciais do Death Metal nordestino ganha edição de luxo nas três décadas da OBSKURE, mostrando que, sim, é possível "caetanear o que há de bom" e até usar aqui esse mote.

Outros que merecem menção especial são PAUL MCCARTNEY, com seu "III" e BOB DYLAN, com seu "Rough and Rowdy Days". O quase oitentão eterno BEATLE nos presenteou com mais uma obra primorosa, concebida e executada na solidão de seu isolamento. O ganhador do Nobel, por sua vez, nos traz canções densas, complicadas, amargas, mais um Ulisses em formato de música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E falando de álbuns com mais de um artista, o disco que mais fortemente recomendamos a audição é

Não podemos deixar de lembrar e mencionar "Punching The Sky" (ARMORED SAINT), "Scriptures" (BENEDICTION), "Forever Black" (CIRITH UNGOL), "Moment" (DARK TRANQUILLITY), "The Phoenix" (DEREK SHERINIAN), "V" (HAVOK), "Virus" (HAKEN), " "Secrets & Lies" (JAKKO M. JAKSZYK), "Emerald Eyes" (IRON ANGEL), "The Absence of Presence" (KANSAS), "The Raging Wrath of the Easter Bunny" (MR BUNGLE), "Throes of Joy in the Jaws of Defeatism" (NAPALM DEATH), "Sola Gratia" (NEAL MORSE), "Generation Antichrist" (ONSLAUGHT), "Genesis XIX" (SODOM), "MMXX" (SONS OF APOLLO), "Titans of Creation" (TESTAMENT), "Solitude in Madness" (VADER), "Be the Light in Dark Days" (CHAOSFEAR), "Consumed by Biomechanics" (CRASHKILL), "Discharge" (ELECTRIC MOB), "Cenas Brutais" (ESKRÖTA), "The Battle of the Somme" (HELLHOUNDZ), "Open Source" (KIKO LOUREIRO), "The Speed of Light" (MADRE SUN), "Subversive Need" (PANDEMMY), "Predatory" (SCARS), "Protosapien" (JUPITERIAN), os ao vivo "Nights of the Deads, Legacy of the Best: Live in Mexico City" (IRON MAIDEN), "S&M2" (METALLICA), "Temple of Shadows in Concert" EDU FALASCHI – e, finalmente, o retorno errático, mas sincero, de OZZY OSBOURNE, com "Ordinary Man". Cada um desses álbuns brilhantes mereceria destaque e uma boa resenha neste texto, mas ainda pretendo publicá-lo em 2021, que já está acabando também.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Publicado inicialmente em
Melhores do Ano, por Daniel Tavares


Stamp
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosMetallica
Ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos

Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyRunaways
Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.