RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemAs frases que Taylor Hawkins disse repetidamente para Ozzy Osbourne semanas antes de morrer

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemPink Floyd: Nick Mason comenta as músicas que formam a trilha sonora de sua vida

imagemCristina Scabbia se queimou com óleo fervendo e ficou com "mapa da Europa" no rosto

imagemSite chileno cita data do Iron Maiden no país e medalhões como possíveis bandas de abertura

imagemSammy Hagar sobre material inédito do Van Halen: "Eddie tinha uma tonelada"

imagemAngra anuncia sua turnê "The Best Of 30 Years" com setlist renovado

imagemC.J. sobre seu primeiro show com os Ramones: "Foi Cuspe, moeda, garrafa, sapato…"

imagem"Meu objetivo é voltar aos palcos o mais rápido possível", afirma Ozzy Osbourne

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemOzzy Osbourne aparece em público pela primeira vez após anunciar aposentadoria das turnês


Exilio Angel

Megadeth: Ellefson processou Mustaine em 2004 por falta de comunicação direta

Por Mateus Ribeiro
Postado em 09 de fevereiro de 2021

Durante os mais de 35 anos de carreira, o MEGADETH já passou por inúmeras mudanças de formação. Até mesmo o baixista David Ellefson, fiel escudeiro de Dave Mustaine, já foi para o olho da rua, em 2002, quando o chefão resolveu encerrar as atividades da banda (para voltar dois anos depois).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na ocasião acima citada, Ellefson processou Dave Mustaine, alegando que o dono da banda estava lhe devendo grana oriunda de royalties e venda de merchandising. O baixista pediu a "pequena" quantia de 18 milhões e meio de dólares. Em 2005, o processo foi encerrado, Ellefson não ganhou a causa e ainda teve que desembolsar uma bela grana. Para a alegria dos fãs, cinco anos depois, ele voltou para a banda.

Segundo revelou em participação no podcast "Groove - The No Treble Podcast", o músico disse que processou Mustaine por duas razões: por falta de comunicação direta e por que a nova equipe do MEGADETH era formada por bajuladores de primeira linha. "Eu acredito firmemente que Dave e eu acabamos nessa situação porque nós não estávamos nos comunicando diretamente. Havia um novo gerente, um novo advogado, uma nova equipe de pessoas [trabalhando para o MEGADETH] e todos estavam tentando impressionar o cliente, então, essas pessoas agiam mais ou menos assim: 'Bem, estamos apenas fazendo tudo o que o chefe nos diz para fazer’", revelou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda de acordo com o baixista, a referida equipe já não trabalha mais com a banda, o que aparentemente, facilitou o seu retorno. "Essas pessoas não estão mais aqui - todas foram dispensadas, obrigado Deus - e depois que a maioria deles foi liberada, foi Dave e eu tivemos a oportunidade de voltar e nos reconciliar".

David Ellefson esteve no MEGADETH desde o início da banda, em 1983. Ele permaneceu até 2002 e gravou os maiores clássicos do grupo, com destaque para "Peace Sellls... But Who´s Buying?" (1986), "Rust In Peace" (1990), "Countdown To Extinction" (1992) e "Youthanasia" (1994). Desde quando voltou para o MEGADETH, Ellefson gravou "TH1RT3EN" (2011), "Super Collider" (2013) e "Dystopia" (2016).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

FONTE: Blabbermouth
https://www.blabbermouth.net/news/megadeths-david-ellefson-says-lack-of-direct-communication-with-dave-mustaine-led-to-2004-lawsuit/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.