RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Machine Head
Stamp

Cannibal Corpse: Alex Webster relembra show no Rio em 2013 com protestos e bombas

Por Igor Miranda
Fonte: Marcelo Vieira
Postado em 05 de abril de 2021

O baixista Alex Webster relembrou, em entrevista ao jornalista Marcelo Vieira, de um show bem complicado da carreira do Cannibal Corpse. Em 20 de junho de 2013, a banda se apresentou no Circo Voador, no Rio de Janeiro, em meio a uma noite de protestos que aconteciam por todo o Brasil.

Cannibal Corpse: Circo Voador é alvejado por bombas de gás

Cannibal Corpse - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Naquele período, rolavam as chamadas Jornadas de Junho, que consistiam em diversas manifestações, em várias cidades do país, por causas distintas. Começou com reivindicações pelo aumento de tarifas de transporte público, em algumas regiões, e terminou englobando a insatisfação com casos de corrupção, baixa qualidade dos serviços públicos e indignação com o alto investimento na Copa do Mundo de 2014.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os protestos contemplaram diferentes datas entre o período de abril e julho de 2013, mas justamente no dia 20 de junho, mesma situação do show, rolou a maior manifestação de todas. Naquele dia, ao todo, 438 cidades estavam envolvidas nas ações - entre elas, o Rio de Janeiro.

A performance ao vivo do Cannibal Corpse estava marcada para acontecer no Circo Voador, tradicional casa de eventos no Rio. Durante as apresentações de abertura, realizadas pelo Gangrena Gasosa e Forceps, a polícia local atirou bombas de gás lacrimogênio no teto da casa de eventos enquanto repreendia os protestos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em função disso, o Cannibal Corpse quase cancelou seu show, visto que o gás afetou o público da casa. Nesta nova entrevista, Alex Webster destacou que um membro da equipe local do Circo Voador chegou a ser atingido por uma bala de borracha.

"Olha, eu não cheguei a respirar o gás lacrimogênio, mas muita gente comentou comigo depois. Inclusive, um cara da equipe local foi alvejado na perna, levou um tiro de bala de borracha. Ele ficou com uma puta marca roxa na canela", afirmou.

Apesar disso, o caso envolvendo o membro da equipe técnica "não foi grave, exceto pelo fato de que ele havia levado um tiro durante uma manifestação que estava ali perto". O músico ainda disse: "Não lembro de muitos detalhes dessa noite".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, ele se recordou de outras passagens pelo Brasil - a banda tocou por aqui em 2000, 2004, 2007, 2010, 2011, 2015 e 2018, além de 2013. "Ah, nos divertimos muito no Brasil. Foram tantas vezes, e todas sempre muito legais. Fizemos muitos amigos com o passar dos anos. Embora muitos da banda não comam carne mais, nos esbaldamos em algumas churrascarias. Lembro também de um show em São Paulo, num lugar muito, muito quente chamado Hangar 110. Bebi uns três litros de água durante o show (risos)", declarou.

A entrevista completa pode ser lida no site de Marcelo Vieira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Anneke Hietala

Cannibal Corpse: antes da prisão, Pat dizia que alguém estava atrás dele


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Andre Facchini Medeiros | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Jesus Leitão Souza | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Roberto Andrey C. dos Santos | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.