Matérias Mais Lidas

imagemO álbum que chocou colégio de freiras de Rafael Bittencourt e foi "libertador"

imagemA música do Queen que Brian May pensou que era uma brincadeira

imagemHá 20 anos, Frejat explicava como Raimundos não se dobrava perante gravadora

imagemRaimundos: A surpreendente maneira como Digão conheceu Rodolfo, segundo o próprio

imagemDez bandas de rock e metal que gravaram versões para músicas de outros estilos

imagemAxl Rose faz piada de gosto duvidoso sobre incidente com microfone

imagemB. B. King sobre John Lennon ter dito que queria tocar como ele

imagemRegis Tadeu coloca o dedo na ferida e aponta o grande erro do rock nacional dos anos oitenta

imagemEmpresária do Judas Priest conta como foi o encontro de K.K. Downing com ex-companheiros

imagemBandas de heavy metal que lançaram discos em quatro décadas diferentes

imagemA incrível história de quando Whitesnake quase contratou guitarrista ícone do rock cristão

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemJohn Frusciante conta como Keith Richards ajudou a moldar o som do "Blood Sugar Sex Magik"

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Helloween: Deris explica acertos e diferenças de Master of the Rings e Time of the Oath

Por Igor Miranda
Postado em 03 de julho de 2021

O Helloween passou perto de encerrar suas atividades após a saída do vocalista Michael Kiske em 1993. Não só pela baixa na formação, como, também, pela perda do contrato com a gravadora EMI, que havia lançado os álbuns "Pink Bubbles Go Ape" (1991) e "Chameleon" (1993), ambos com vendas bem reduzidas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A situação mudou com a chegada do vocalista Andi Deris, junto do baterista Uli Kusch, que ocupou em definitivo a vaga de Ingo Schwichtenberg - Ritchie Abdel-Nabi havia ocupado a função em turnê. Com uma nova formação, composta por Deris, Kusch, os guitarristas Michael Weikath e Roland Grapow e o baixista Markus Grosskopf, a banda praticamente renasceu.

Foram gravados quatro álbuns de estúdio com esses músicos: "Master of the Rings" (1994), "The Time of the Oath" (1996), "Better Than Raw" (1998) e "The Dark Ride" (2000). Os dois primeiros, em especial, serviram para recolocar o Helloween no mapa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista exclusiva ao canal de Igor Miranda no YouTube, disponível em vídeo ao fim desta matéria, Andi Deris traçou um paralelo entre seus dois trabalhos com o Helloween. Para ele, ambos foram concebidos seguindo a mesma linha de pensamento, mas em cenários completamente diferentes.

"O 'Master of the Rings' foi algo como... 'viva ou morra' (risos). Se as pessoas adoram, aí está você. Se as pessoas odeiam, acabou para o Helloween. Esse foi o verdadeiro 'jogo com o diabo' ('gambling with the devil')", disse, inicialmente, com direito a um trocadilho com outro disco da banda: "Gambling With the Devil", este de 2007.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como "Master of the Rings" foi bem aceito, o Helloween teve tranquilidade para produzir o sucessor, "The Time of the Oath". "Estávamos tendo algum sucesso, então 'The Time of the Oath' foi apenas aquele álbum de alívio. Você sabe que todo mundo caiu bem, você tem seus discos de ouro e platina, então, uau! E, desse ponto de vista, a gente só ia pro estúdio e falava: 'ok, onde quer que a gente tenha acertado, vamos tentar de novo' (risos)", comentou.

O grande segredo

Qual seria o grande segredo para o sucesso de "Master of the Rings", reaplicado em "The Time of the Oath"? Andi Deris refletiu: "Acho que o que fizemos certo foi não pensar tipo: 'essa música é boa ou não é boa o suficiente?'. Não tínhamos escolha. Para 'Master of the Rings', havia apenas aquelas músicas. Faltavam apenas duas semanas para você se preparar para o estúdio, pois o estúdio já estava marcado. Tínhamos que gravar o que tínhamos e tirar o melhor proveito disso".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele continua: "Na verdade, essa é mais ou menos a vibe que trouxemos com 'The Time of the Oath'. Essas são as músicas que temos, nós gostamos delas, então, era tipo: não fique confuso e maluco com relação a precisar de mais músicas, porque você precisa desse ou daquele estilo ou seja o que for. Pegue o que você tem. Nós amamos isso, então tome isso como seu bebê e tente criá-lo da melhor forma que puder".

Não houve nenhuma tentativa, segundo ele, de ter músicas que cumprissem determinados papéis nesses álbuns. "Muita gente enlouquece e pensa: 'ah, a gente tem que fazer isso, e talvez aquilo, ou bla-bla-bla'. Se você tem canções suficientes, onze ou doze canções excelentes, pegue-as, tenha estima por elas e crie-as da melhor forma que puder, ao invés de gravar outras 10 canções, para daí, no final do dia, você ter 20 bebês e não é capaz de criá-los bem, entende? Demanda muita energia. Pegue o que você tem, tenha estima por isso e transforme no melhor que puder. Acho que é um plano muito melhor", comentou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, ele apontou: "Como posso ser um bom pai se tenho 10 filhos? Quer dizer, imagine que eu tivesse 10 filhos... provavelmente eu nem saberia os nomes dos membros 8, 9 e 10. Músicas para mim sempre são como bebês. Se você compôs uma música, isso não significa que a música está acabada, com tudo, do jeito que você a apresenta em um álbum. Compor uma música é apenas o começo. Depois de compor uma música, você tem que trabalhar com sua banda para torná-la a melhor possível com as habilidades de seus colegas, de seus companheiros de banda".

Assista à entrevista completa com Andi Deris, legendada em português, no vídeo a seguir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Lift Detox
Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Heavy Metal: um guia para começar a ouvir o estilo

Jovens, mas nem tanto: 10 discos de heavy metal que completarão 20 anos em 2023

Helloween: filho de Kai Hansen toca ao vivo com a banda

Helloween serviu de inspiração para nome de Chris Jericho, estrela da luta-livre

Rock e Futebol: e se as seleções da Copa do Mundo fossem bandas?

Calendário do Rock: uma música por ano, de 1970 até 2022

A opinião curta e direta de Regis Tadeu sobre o metal melódico

Helloween e Hammerfall: setlist, vídeos e fotos do primeiro show em SP

Confira playlist com as músicas que o Helloween tocou em Ribeirão Preto

O que Joacim Cans pensa sobre o Helloween? E Dani Löble sobre o Hammerfall?

Helloween: Dani Löble fala sobre pressão ao gravar com Michael Kiske e Kai Hansen

O que esperar dos shows de Helloween e Hammerfall no Brasil, segundo os músicos

Avantasia lança "The Inmost Light", música que conta com participação de Michael Kiske

Roland Grapow: "Eu não ouço Power Metal, eu faço Power Metal"

Michael Kiske: "Weikath se virou contra mim e queria Andi"

Michael Kiske: "nunca fui chamado para o Iron Maiden"

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"

David Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.