Matérias Mais Lidas

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemGene Simmons relembra como passagem pelo Brasil levantou o Kiss em 1983

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemPor que Bono é odiado por muitos mas sobrevive a tanto hate? Regis Tadeu analisa

imagemMatt Sorum: ex-baterista do Guns N' Roses conta porque não deseja voltar à banda

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemIggor Cavalera diz que o metal às vezes é muito conservador

imagemKiko Zambianchi foi proibido de ir no Silvio Santos após apresentador errar seu nome


Samael Hypocrisy
Stamp

The Troops of Doom: lançando novo EP, "The Absence of Light"

Por Ricardo Batalha
Fonte: ASE Music
Postado em 17 de setembro de 2021

Antecipado de forma exclusiva pelo site Metal Injection, "The Absence of Light" novo EP do The Troops of Doom, formado Alex Kafer (vocal e baixo), Jairo "Tormentor" Guedz (guitarra), Marcelo Vasco (guitarra) e Alexandre Oliveira (bateria), está disponível nas plataformas de streaming através da Blood Blast, subsidiária digital da gravadora alemã Nuclear Blast. O material, que foi mixado e masterizado no Crosound Studio, na Noruega, por Øystein G. Brun (Borknagar) e teve arte de capa criada pelo pintor brasileiro, radicado em Portugal, Maramgoní, também será lançado em formato físico no Brasil, México e Europa. "Estávamos trabalhando a todo vapor em nosso full-length, mas resolvemos que não seria positivo lançá-lo nesse momento, pois percebemos que a pandemia ainda estava longe de ter uma definição e um fim. Eu pensei em lançar outro EP com material inédito para que servisse de 'ponte' entre o nosso primeiro EP, 'The Rise of Heresy' e o nosso futuro álbum de estreia", declarou o guitarrista Jairo "Tormentor" Guedz.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"The Absence of Light" é uma espécie de trabalho conceitual, já que as faixas "Introduction - The Absence of Light", "Act I - The Devil's Tail" e "Act II - The Monarch" são interligadas e contextualizam a mesma mensagem final. "O conceito inicial foi inspirado na obra 'Leviatã', do filósofo inglês Thomas Hobbes, mas com uma roupagem mais obscura, criando também uma parábola com a religião de uma maneira geral", pontuou Guedz. "Quando terminei de ler a obra, pensei: 'É isso, temos um conceito para este EP! Estou muito interessado no assunto de como a política e a religião determinam o futuro das pessoas e, especialmente, o poder que elas acumulam quando as duas se fundem em uma única forma de governo", acrescentou o guitarrista, que iniciou a carreira no Sepultura, com o qual gravou "Bestial Devastation" (1985) e o álbum "Morbid Visions" (1986).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O EP conta com a participação de Jeff Becerra (Possessed) na faixa "The Monarch", além de Lars Nedland (Borknagar, Solefald e White Void) no baixo nas três primeiras faixas e de Dave Deville na introdução orquestral. "Além da regravação de uma música de minha autoria com o Sepultura, 'Antichrist', achamos importante apresenta as duas faixas principais do EP também em formato 'demo'. É interessante que as pessoas sintam a diferença entre as versões e possam entender como a banda desenvolve suas ideias e músicas à distância, já que o The Troops of Doom foi criado em meio à pandemia", observou Guedz. "Além disso, a faixa 'Introduction - The Absence of Light' foi orquestrada pelo talentoso músico e produtor Dave Deville, que também foi responsável pela 'intro' do EP 'The Rise of Heresy'", completou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Repertório - "The Absence of Light":
1. Introduction - The Absence of Light
2. Act I - The Devil's Tail
3. Act II - The Monarch feat. Jeff Becerra (Possessed)

Faixas Bônus:
4. Antichrist (Sepultura)
5. The Devil's Tail (Versão Demo)
6. The Monarch (Versão Demo)

O formato físico do EP estará disponível em CD pela Metalized Records no México e nos EUA, Hellven Records na Europa e Voice Music no Brasil. Além disso, será lançado em vinil pela Hellven Records na Europa e em fita cassete pela Repulsive Echo Records na Europa.

Site relacionado e loja online:
http://www.thetroopsofdoom.com

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

Troops of Doom: Jairo Guedz conta como faz para transitar entre Sepultura e irmãos Cavalera

The Troops of Doom: Jairo Guedz escolhe seus três álbuns favoritos do Iron Maiden.

Maranhão Open Air: The Troops of Doom cancela participação no festival

Jairo Guedz ensina Rafael Bittencourt a tocar riffs de death metal

"A banda predileta do Max e do Iggor era Van Halen", diz Jairo Guedz

A primeira banda que Jairo Guedz ouviu e achou o som muito agressivo

Jairo Guedz pediu benção de Max, Iggor e Kisser para usar nome "Troops of Doom"

Jairo Guedz fez terapia por 5 anos: "Me escondia e não queria falar sobre Sepultura"

Troops of Doom: Jairo Guedz conta como faz para transitar entre Sepultura e irmãos Cavalera

Jairo Guedz pediu benção de Max, Iggor e Kisser para usar nome "Troops of Doom"

"A banda predileta do Max e do Iggor era Van Halen", diz Jairo Guedz

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Ricardo Batalha

RICARDO BATALHA tem uma trajetória que se confunde com a própria história do heavy metal no Brasil. Trabalha na revista Roadie Crew desde 1996 e é um dos diretores da ASE Press/Music. Além do trabalho de consultoria e assessoria, vem colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao heavy/rock desde os anos 1980. Também é editor no portal Panorama Audiovisual Brasil.

Mais matérias de Ricardo Batalha.