Matérias Mais Lidas

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemIrmão de Bon Scott fala pela primeira vez: "Ele nunca se preocupou com o futuro!"

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...


In-Edit

Bob Dylan relembra o grande impacto que o lendário Robert Johnson teve sobre ele

Por André Garcia
Em 20/05/22

Antes de fazer 30 anos Bob Dylan já havia lançado diversas canções que se tornaram hinos e álbuns que mudaram o curso da música pop. Dessa forma, ele se tornou um dos mais influentes compositores de todos os tempos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas nenhum homem é uma ilha, então até mesmo ele foi influenciado por outros artistas. Quando jovem, Dylan cresceu bebendo na fonte dos velhos mestres do folk, principalmente Woody Guthrie, a quem ele tinha como um verdadeiro herói.

Conforme publicado pela Far Out Magazine, segundo o próprio Bob Dylan conta em sua autobiografia, outro nome que mudou sua vida foi a lenda do blues Robert Johnson. Em 1961, o jovem trovador estava sempre vagando pela Greenwich Village, em Nova Iorque, fazendo parte da emergente cena folk local. Foi assim que ele conheceu John Hammond, da Columbia Records, que o apresentou ao grande mestre do blues:

"[John Hammond] me deu uns dois discos que ainda não haviam sido lançados. Um deles era 'King of the Delta Blues', de Robert Johnson. Eu nunca tinha ouvido Robert Johnson — nunca tinha ouvido falar no nome dele ou ouvido em compilações. Hammond disse que eu deveria ouvir aquele, que aquele cara acabava com qualquer um."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Ele me mostrou a capa, uma pintura incomum onde o pintor usou a visão de cima para baixo, retratando um intenso cantor e guitarrista de peso normal, mas com ombros como os de um acrobata. Que capa incrível! Eu fiquei olhando para aquela ilustração. Quem quer que fosse o cantor naquela pintura, já havia me possuído."

"Desde a primeira nota, a vibração emitida pelos alto-falantes me deixou arrepiado. Aquelas punhaladas sonoras podiam quase quebrar uma janela. Quando Johnson começou a cantar, parecia alguém surgido da mente de Zeus, vestindo uma armadura. Eu imediatamente percebi que ele era diferente de todos os outros que eu já tinha ouvido. Aquilo não era o blues de sempre, eram obras perfeitas: cada uma com quatro ou cinco versos, cada dístico entrelaçado com o seguinte, mas não de maneira óbvia."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu fiquei dormente, como se tivesse sido atingido por uma arma de tranquilizante. Nas semanas seguintes eu o ouvi repetidamente, do começo ao fim, faixa após faixa, sentado encarando a vitrola. Sempre que eu ouvia, sentia como se um espírito surgisse na sala, uma temível aparição… Se eu não tivesse ouvido aquele disco de Robert Johnson quando ouvi, provavelmente centenas de versos meus jamais teriam sido escritos."

Robert Johnson é famoso pela lenda de que ele fez um pacto com o diabo em troca de sua habilidade musical. Assunto esse sobre o qual Bob Dylan já falou numa entrevista, de forma pra lá de enigmática. Confira abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Astros do Rock: como seriam suas versões tatuadas


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.