[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Megadeth: como Kiko Loureiro bateu recorde de coautoria em novo álbum

Por Igor Miranda
Postado em 24 de outubro de 2022

Kiko Loureiro bateu uma espécie de recorde criativo em "The Sick, the Dying... and the Dead!", novo álbum do Megadeth. O guitarrista co-criou oito das 12 músicas presentes na tracklist convencional do disco.

Megadeth - Mais Novidades

Foto: Divulgação - Reprodução UOL
Foto: Divulgação - Reprodução UOL
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Desconsiderado "Youthanasia" (1994), onde todos os integrantes foram creditados por criarem todas as músicas – ainda que exista certa controvérsia em torno dessa informação –, nenhum outro integrante do Megadeth teve tantos créditos autorais junto ao líder Dave Mustaine em um mesmo álbum. Uma marca impressionante para o músico brasileiro, que abordou o assunto em entrevista ao canal IgorMiranda.com.br no YouTube.

"Eu reflito sobre isso. Não sei como era no passado, tá? O Mustaine pode ter mudado também. As pessoas mudam, ficam mais velhas e pensam de forma diferente. Mas não acho que foi isso. Acho que a questão de você conversar de criador para criador. Porque o Mustaine sabe o que é Megadeth. Para contribuir, você tem que saber muito bem o que é Megadeth e o tipo de música, o público. Tem que conversar de uma forma que um criador conversa com outro criador", disse Kiko, inicialmente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O guitarrista relembrou os relacionamentos criativos que teve com Rafael Bittencourt, Edu Falaschi e Andre Matos, seus ex-colegas de Angra. "Tem umas ideias que são viagens na cabeça da pessoa. Quando alguém te mostra algo, você tem que conseguir entrar na cabeça e saber o que a pessoa está imaginando e querendo com aquilo. Tem uma investigação disso aí – e um respeito pela criação. De repente você nem acha a ideia tão legal, mas você não pode falar ‘ah, essa ideia não está legal’ sem ter tempo de investigar, ouvir, entender onde quer chegar", afirmou.

Na visão de Loureiro, é essencial entender que nem sempre um músico conseguirá transmitir perfeitamente a ideia que teve. "Você entendendo isso, começa a criar uma segurança. Da mesma forma, quando você mostra suas ideias, também é bom tentar trazer a pessoa para dentro do que você está imaginando. Quando você mostra suas ideias, meio que você está mostrando quem você é. E tem muito ego e disputa porque você está inseguro naquilo. Se você quer um espaço também porque está inseguro e a pessoa sente, não é tão fácil conquistar, porque você está forçando a barra. Ou por outros motivos: ‘ah porque quero meu nome’, ‘quero dinheiro’ ou qualquer coisa assim", declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O cuidado com o processo autoral faz com que Kiko apresente ideias mais consolidadas em busca de colaborar com a banda, não de apenas obter créditos por uma criação. "Quando é nitidamente em prol do álbum, da música, da arte, do negócio – e você consegue ao longo do tempo mostrar isso e trabalhar dessa forma –, começa a tirar essas barreiras, esses muros. Começa a transitar melhor a conversa da criação e aí você tem o resultado", pontuou.

Assista à entrevista completa no player de vídeo a seguir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS