RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemKirk Hammett admite que não aguenta mais tocar o solo de "Master of Puppets"

imagemDavid Gilmour elege cinco álbuns fundamentais da história do rock

imagemAce Frehley diz que tem documento que pode arruinar carreira de Paul Stanley e Gene Simmons

imagemO dia que Erasmo Carlos recorreu a farmacêuticos para decifrar caligrafia de Raul Seixas

imagemJames Hetfield afirma que é "quase impossível" manter o ritmo do passado

imagemO hit do Sepultura que Max Cavalera foi aconselhado a trocar o título por erro de inglês

imagemOficial: AC/DC, Ozzy Osbourne, Guns N' Roses, Metallica e Iron Maiden no Power Trip Festival

imagemAs 11 melhores instrumentais da história do metal, em lista da Revolver Magazine

imagemEdu Falaschi e Bruno Sutter comentam sobre banda que é "Backstreet Boys do metal"

imagemDrogas, bateria vendida e show perdido: como Nick Menza se tornou integrante do Megadeth

imagemAndreas Kisser chegou no fundo do poço quando não foi a Disney pois não tinha cerveja

imagemMetallica: Robert Trujillo toca Black Sabbath com esposa e filha para ajudar causa animal

imagemKatatonia: um show curto e decepcionante para o que se espera da banda

imagemA estrada brasileira e a icônica dupla sertaneja que inspiraram "Infinita Highway"

imagemDef Leppard mostra bastidores da turnê e o incrível presente recebido em São Paulo


Summer Breeze B

Rafael Bittencourt explica origem de "Carolina IV"; não é nome de mulher

Por Gustavo Maiato
Postado em 13 de dezembro de 2022

O Angra já compôs dezenas de músicas ao longo de sua carreira com temas variados e títulos simples como "Time" ou "Speed", até mais elaborados como "Black Hearted Soul" e "Light of Transcendence".

Em episódio do Amplifica, Rafael Bittencourt foi questionado por que o Angra não tem música com nome de mulher – coisa relativamente comum dentro do rock e do metal. Na resposta, o músico disse que o hit "Carolina IV", que não fala sobre uma mulher, já supriu essa demanda de "músicas com nome de mulher".

Bruce Dickinson

"Tem sim. Tem a ‘Carolina IV’. Tem nome de mulher. Era um barco, né? Na história. Agora, não sei o motivo. Achei que já tinha suprido essa demanda com a ‘Carolina IV’. Era um barco que na verdade era um ônibus. Essa história aconteceu em uma sessão de fotos que fizemos e o ônibus se chamava ‘Carolina IV’. A gente não conseguiu fazer porque era uma serra e o ônibus não conseguiu subir. Tivemos que descer e o motorista conseguiu contornar a situação", disse.

Foto: Reprodução Vídeo
Foto: Reprodução Vídeo
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Angra: Pela 1ª vez, Aquiles Priester conta em detalhes como e por que foi demitido


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, fotógrafo de shows, youtuber e escritor. Ama todos os subgêneros do rock e do heavy metal na mesma medida que ama escrever sobre isso.
Mais matérias de Gustavo Maiato.