Fãs e rock and roll: o top 5 inspirado na galera da frente do palco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Ver Acessos

De colecionadores de pôster a Mark Chapman, a relação fixacional entre o indivíduo comum e a quase sublimação do ídolo, formam o que já se convencionou chamar de "absurdecência coletiva" - fenômeno em que a admiração direcionada é superada pelo sentimento histérico - quase um meio caminho para uma deificação do artista. O culto ao ídolo torna-se matéria prima de um vetor social indisfarçável e esquizofrênico - do amor jurado ao pé do altar à mesquinhez absoluta - que o digam os sites de "entretenimento" paparazzi e a saciedade coletiva por divórcios e outros domesticidades de gente conhecida- um exercício de banalidade que ainda me intrigará por muitos anos.

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesRoqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar um

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A retribuição do ídolo, no aspecto musical já rendeu composições inspiradas e, em alguns casos tomaram com honras o posto de clássico. Como um exercício de devoção (coisa de fã), teci uma lista aqui com as faixas que se tornaram odes às massas. Procurei me ater a canções de cunho genérico - deixei de fora, canções que foram incorporadas como hinos as massas como "We Are the Champions" ou "Nothing Else matters", dúbias ("Blitzkrieg Bop"), ou inspiradas em situações pontuais como "She Came in The Bathroom Window" e, com muito peso no coração, "Plaster Caster" do KISS - uma singela homenagem a homônima groupie com hábitos pitorescos. Também procurei me ater à qualidade das canções sob o meu ponto de vista - por isso os fãs do MANOWAR vão me odiar...

5 - "Til death do us part" - EXODUS
"Pleasure of the flesh (1987)

STEVE "ZETRO", em 2014, declarou: "Eu sei que a maioria das pessoas não gosta de nosso tipo de música: não é realmente socialmente aceitável.Não estamos no rádio; mas não se preocupem fãs: estamos juntos até que a morte nos separe". O fato de não tocar em rádios, a propósito, e mais um ponto ganho pelo EXODUS... Sim, sou xiita também.

4 - "The Ocean"- LED ZEPPELIN
"Houses of The Holy"(1973)

Confesso que sempre gostei dessa musica, mas depois de algum tempo notei que "Cantando para o oceano, posso ouvir o seu rugido/Tocando de graça, tocando para mim muito, muito mais!/Cantando sobre as coisas boas e o sol que ilumina o dia/Eu cantava nas montanhas, o oceano se perdeu?"- tratava da massa vislumbrada sobre o ponto de vista do palco. Fantástica!

3 - "Never Forget"- JUDAS PRIEST
"Reedemer of Souls" (2014)

Sendo o metal tão prolífico em canções para os fãs (alguns artistas de NWOBHM merecerão uma resenha à parte certamente), fiquei em duvida se postava essa aqui. Porem, lendo uma entrevista de HALFORD ele explica: "Nós (ele e GLENN TIPTON) escrevemos essa canção. É realmente para os fãs de metal, mas é para os elementos da vida como um todo. Como eu estava escrevendo algo muito particular, eu estava pensando nos fãs e também em todas as pessoas maravilhosas que nos cercam, nossas famílias e todas as coisas incríveis que eles fazem para nós. Assim, agradecemos a vocês: obrigado, obrigado.". Ai não teve jeito - ele me convenceu.

2 - "The Boys Are Back in Town
THIN LIZZY- (Jailbreak, 1976)

O maior clássico, de uma das melhores bandas de todos os tempos, que tem como tema uma homenagem aos fãs. Sem comentários

1 - "For Those About to Rock" (We salute you)
AC/DC (For those about to rock, 1981)

ANGUS YOUNG teve a ideia do titulo depois de ler um livro que BON SCOTT deu-lhe sobre os jogos mortais entre gladiadores na Roma antiga. ANGUS acha que o livro se chamava "For Those About to Die - We salute you (Aqueles prestes a morrer, nós os saudamos) - mas o mais provável que o título, na verdade, era "Those About to Die" de DANIEL MANNIX. O que importa? O maior clássico entre as hordas gladiadoras de fãs de rock and roll da historia.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e Melhores

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um


Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n'roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Goo336x280