Guns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda, Fonte: Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 


1840 acessosQueen: Artista recria Mercury e Axl Rose em esculturas incríveis5000 acessosMetallica: Para Hetfield, algumas bandas deveriam morrer

Apesar da curta discografia, o Guns N’ Roses tem uma série de músicas que, em meio aos hits, não receberam o merecido reconhecimento. Abaixo, segue uma lista formulada por nós com as dez músicas “lado B” da banda mais perigosa do mundo que deveriam receber maior atenção.

OBS: tentei fugir das músicas que marcam presença nos DVDs ao vivo “Use Your Illusion” também, já que muita gente teve o primeiro contato através daqueles registros.

10. “The Garden” (Use Your Illusion 1): a música, que tem participação de Alice Cooper, ganhou até videoclipe, mas nunca foi lançada como single e nem mesmo a MTV deu muita moral pro clipe na época. Slash registra aqui um de seus melhores solos.

09. “There Was A Time” (Chinese Democracy): o criticado Chinese Democracy esconde algumas verdadeiras pérolas, sendo uma delas essa grande música, que contém apresentação de gala de Buckethead.

08. “14 Years” (Use Your Illusion 2): Izzy Stradlin, grande compositor, assume os vocais em uma canção simples e direta afundada à complexidade dos Illusions – o solo inspiradíssimo de Slash também merece destaque.

07. “Perfect Crime” (Use Your Illusion 1): o primeiro Illusion tem uma das mais endiabradas composições do Guns N’ Roses. Há um verdadeiro disparo de riffs e boa cozinha de Duff McKagan e Matt Sorum.

06. “Sorry” (Chinese Democracy): se a letra foi feita para Slash ou não, jamais saberemos, mas “Sorry” é uma das músicas mais emocionantes do Chinese Democracy. A performance de Axl Rose consegue aliar emoção e desprezo de forma única.

05. “Right Next Door To Hell” (Use Your Illusion 1): filha bastarda do Appetite For Destruction, essa música é um dos verdadeiros embriões do Sleaze Rock. Ou você acha que Faster Pussycat e Pretty Boy Floyd foram realmente influentes para o segmento?

04. “Anything Goes” (Appetite For Destruction): a canção menos lembrada quando se fala no clássico Appetite. Mas é uma baita música, com boa construção rítmica e performance de destaque de Axl Rose – um vocalista de estúdio.

03. “Bad Apples” (Use Your Illusion 1): a seção rítmica dessa música é incrível. O refrão com cara de 70′s Hard Rock também merece destaque. Detalhe para o clipe, com imagens reaproveitadas da gravação de “Don’t Cry” – orçamento individual pra quê?

02. “Prostitute” (Chinese Democracy): apenas a sua letra já a colocaria em uma posição de destaque nessa letra – Axl Rose despeja suas frustrações em uma espécie de carta de desculpas para seja lá quem for. Mas a canção em si é sensacional, principalmente por sua progressão melódica carregada de emoção.

01. “Locomotive” (Use Your Illusion 2): pesada, densa e suja, essa música jamais seria lançada como single – ainda mais por seus oito minutos de duração. Mas é soberba do início ao fim. Ótimos riffs, cozinha matadora e final recheado de percussões adicionais.

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 24 de outubro de 2012
Post de 27 de outubro de 2012
Post de 31 de outubro de 2012
Post de 11 de março de 2014
Post de 11 de março de 2014
Post de 12 de março de 2014
Post de 04 de abril de 2015
Post de 21 de agosto de 2016
Post de 06 de setembro de 2017


Guns N RosesGuns N' Roses
Turnê de reunião já arrecadou um bilhão

1840 acessosQueen: Artista recria Mercury e Axl Rose em esculturas incríveis1057 acessosThe Professionals: membros do Guns e Def Leppard em novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

BumblefootBumblefoot
"Axl Rose é um grande brincalhão!"

SlashSlash
"As bandas por onde passo tendem a ser complicadas"

Guns N RosesGuns N' Roses
A versão de Axl sobre a separação da antiga formação

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"


MetallicaMetallica
Para Hetfield, algumas bandas deveriam morrer

Iron MaidenIron Maiden
Nado sincronizado ao som de "The Trooper"

PreconceitoPreconceito
Dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior

5000 acessosSilverchair: a história por trás da capa de Freak Show5000 acessosTeoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?5000 acessosJapão: conheça dez bandas japonesas de Metal5000 acessosJess Greenberg: mais vídeos de covers em voz e violão5000 acessosBon Jovi: as 10 melhores canções, segundo o Watchmojo5000 acessosAlice In Chains: "está cada vez mais difícil manter este negócio"

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online