Helloween: "Crescemos e aprendemos com os nossos próprios erros"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edilson Luiz Piassentini, Fonte: Rock n'Breja
Enviar correções  |  Ver Acessos

O site Rock n'Breja teve a honra de entrevistar um dos maiores vocalistas da história do metal!

Max Cavalera: "Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Michael Kiske nos atendeu de forma muito simpática, e nos contou sobre a idéia e detalhes da reunião do Helloween, a Pumpkins United World Tour, Avantasia, Unisonic, seus projetos e mais!

Confiram essa entrevista exclusiva com o grandioso Michael Kiske ao site Rock n'Breja! Rock'n'Roll e Cerveja, uma combinação perfeita!

ROCK N'BREJA - Michael Kiske gostaria de agradecer primeiramente pela oportunidade em poder te entrevistar. Você é um dos meus grandes ídolos no metal. Para começarmos, conte-nos um sobre a reunião que o Helloween irá realizar que ganhou o nome de PUMPKINS UNITED WORLD TOUR. De quem partiu essa maravilhosa ideia?

MICHAEL KISKE - Kai Hansen vinha falando sobre isso já há algum tempo. Então eu encontrei Michael Weikath em 2013 num show e conversamos muito, e por fim, deixamos todas as nossas diferenças de lado. A idéia ficou mais clara e, em seguida, nossa assessoria colocou tudo no planejamento e aqui estamos. Pois bem, crescemos e aprendemos com os nossos erros e hoje estamos muito bem juntos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK N'BREJA - Com certeza será uma turnê maravilhosa, onde os fãs poderão ver membros clássicos da banda reunidos, como você, Kai Hansen, Markus Grosskopf e Michael Weikath. O que pode nos contar como será essa turnê, desde a escolha do set list, e também participação dos músicos? Teremos um dueto entre Deris e Kiske juntos, ou até mesmo Kiske cantando músicas do Deris e vice e versa?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

MICHAEL KISKE - Já temos um set list estabelecido e estamos esperançosos para que satisfaça tanto os novos como os antigos fãs da banda. Realmente fizemos de tudo para escolher músicas que agrada a todos, onde envolve grandes clássicos e músicas muito antigas, mas também terá algumas do último álbum.

MICHAEL KISKE - Sim, eu e Andi vamos compartilhar os microfones, iremos fazer uns duetos, e também vou contar as músicas de Andi e o Andi vai cantar algumas musicas minhas. Será divertido e emocionante com certeza!

ROCK N'BREJA - Um dos principais motivos dessa reunião é a celebração aos 30 anos de uma carreira brilhante do Helloween! Como é pra você fazer parte dessa história tão brilhante da banda, que é considerada a criadora do metal melódico?

MICHAEL KISKE - Eu acho fantástico e me sinto muito bem por ter vivido isso!

ROCK N'BREJA - Uma curiosidade de fã. Você gravou dois dos maiores clássicos da história do metal, os Keepers Of The Seven Keys Part 1 e 2. Tem alguma preferência, ou considera um trabalho único, visto que o mesmo era para ter sido lançado como um álbum duplo, mas por problemas financeiros da gravadora na época, não foi possível?

MICHAEL KISKE - Estes álbuns são ótimos, e sou muito orgulhoso por eles, afinal, todos nós somos. Eu não tenho uma preferência e na verdade nunca tive, pois a maneira como foram criados, foi tudo muito perfeito.

ROCK N'BREJA - Falando agora da figura Michael Kiske. Muitos dizem que você "ressurgiu" após o aclamado projeto de Tobias Sammet, o Avantasia, no qual participa até os dias de hoje, e é sempre um dos mais esperados nas apresentações. Além do Avantasia, você participa de alguns outros projetos como Kiske/Somerville, Place Vendome, Unisonic. Como estão às atividades destes seus projetos e o quão importante foi a presença de Tobias Sammet em sua carreira?

MICHAEL KISKE - Eu não estava fazendo nada por um longo, longo tempo, e eu precisava disso, e foi muito bom para mim. A cada 4 anos eu decidi fazer um registro solo. No final dos anos 90, voltei para o rock e conheci Dennis Ward, onde voltei no que estava fazendo antes.

O Avantasia me trouxe de volta aos grandes palcos e tornou tudo muito fácil para mim. Sim, Tobias tem uma colaboração muito importante pra mim. Mas também fomos bons para o Avantasia. Funcionou perfeitamente e foi uma forma muito simples para eu voltar.

ROCK N'BREJA - Já que mencionei o Unisonic, onde tem ao seu lado um grande parceiro Kai Hansen, não posso deixar de mencionar uma coisa. Em minha opinião, o álbum Light of Dawn pode ser considerado uma continuação dos trabalhos dos Keepers, onde traz uma sonoridade nostálgica daquela época extraordinária. Concorda com essa opinião, e quais os planos do Unisonic para o futuro?

MICHAEL KISKE - Bem, essa é a sua opinião, acho legal e eu respeito ela, mas acho que Light of Dawn é apenas mais um bom trabalho de Dennis Ward e não tem muito a ver com os Keepers. No momento, não há planos para a Unisonic, pois estamos atualmente sem muito tempo para isso, talvez em quem saiba lá para 2019!

ROCK N'BREJA - Agora vamos mudar de assunto. Como nossa página aborda além do Rocn'N'Roll, mas também sobre o mundo das Cervejas, sabemos que o seu país natal é conhecido por ter uma grande variedades de ótimas cervejas. Você é um apreciador da bebida? Se sim quais cervejas alemãs poderias nos indicar, e já teve a oportunidade de provar alguma cerveja brasileira?

MICHAEL KISKE - Me Desculpe, mas tenho que desapontar você, pois não sou um amante de cerveja rsrs. Com isso, não posso dizer nada sobre o assunto. Não sou de beber muito. As vezes um bom copo de vinho tinto aqui, outro ali, mas nada além disso.

ROCK N'BREJA - Já que mencionei o Brasil, os ingressos para os shows da PUMPKINS UNITED WORLD TOUR estão praticamente esgotados. Qual a expectativa para os shows aqui no Brasil?

MICHAEL KISKE - Como sempre, os fãs são loucos, criam uma atmosfera maravilhosa e muita diversão! Sempre fazemos ótimos shows e aproveitamos muito o seu país, onde todos nós amamos! Tenho certeza que vamos nos divertir muito novamente juntos!

ROCK N'BREJA - Kiske, mais uma vez, agradeço pela entrevista. Deixe um recado para os fãs e para os seguidores da Rock n'Breja. Sucesso e abraços.

MICHAEL KISKE - Obrigado você pelo seu apoio e interesse. Gosto e adoro o Brasil desde quando ia lá com o Avantasia. Posso dizer honestamente que estou muito ansioso por voltar ao Brasil novamente e ficarei muito feliz em ver todos os nossos fãs brasileiros em nossos shows, pois com certeza teremos uma grande festa.

Estejam lá e aproveitem os shows da Pumpkin United Helloween.

Obrigado! M.K.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Helloween"Todas as matérias sobre "Michael Kiske"


Helloween: Roland Grapow contraria Kiske e diz que não foi convidado para reuniãoHelloween
Roland Grapow contraria Kiske e diz que não foi convidado para reunião

Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do MetalHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal


Max Cavalera: Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nomeMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All


Sobre Edilson Luiz Piassentini

Amante do metal desde os 13 anos de idade, fã indiscutível de King Diamond e Mercyful Fate, e também um grande apreciador das cervejas estilo Weiss e um dos editores do site Rock N'Breja! Rock e Cerveja, a combinação perfeita.

Mais matérias de Edilson Luiz Piassentini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280