Matérias Mais Lidas

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagem4 hits do Deep Purple cujos riffs Ritchie Blackmore já confessou ter copiado

imagemShow do Dream Theater em São Paulo não será mais realizado no Pavilhão Pacaembu

imagemThin Lizzy e o álbum picareta de covers do Deep Purple que garantiu sua sobrevivência

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez

imagemPor que o processo de composição da Legião Urbana e Engenheiros era tão diferente?

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemO hit dos Engenheiros sobre Humberto não querer ser guru dos jovens igual Renato Russo

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemRob Trujillo presta tributo ao Rage Against The Machine após shows em Nova Iorque

imagemConheça o guitarrista brasileiro de 16 anos que estará no próximo clipe do Megadeth


Blaze Bayley: impossível não ter influências do Iron Maiden

Por André Molina
Em 26/01/11

O ex-vocalista do Iron Maiden, Blaze Bayley, participou na última terça-feira (25 de janeiro) de um encontro com fãs, em Curitiba. O cantor atendeu admiradores em uma descontraída sessão de autógrafos que foi realizada no Blood Rock Bar. O evento foi considerado um "esquenta" para o show de Blaze no John Bull Music Hall, marcado para acontecer nesta quarta-feira (26) na capital paranaense.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Antes de Blaze chegar ao local, os fãs tiveram oportunidade de assistir um pocket show da banda curitibana Fire Shadow, que abrirá para o ex-vocalista do Iron Maiden. No set list, o grupo incluiu o novo single "Steel and Metal" e interpretações para "Children of the Sea" (Black Sabbath) e "Electric Eye" (Judas Priest).

Após atender todos os fãs, Blaze aproveitou para conversar com alguns admiradores e jornalistas. Ele mencionou a dificuldade de elaborar o repertório da nova turnê. "Atualmente está muito difícil. Às vezes sinto falta de executar as canções do Wolfsbane, que é minha banda mais antiga. Na carreira solo já temos cinco discos de estúdio e precisamos incluir também as canções do Iron Maiden no show. Os fãs esperam ouvir canções do X Factor e do Virutal XI", afirma.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Sobre os dois discos que participou no Iron Maiden, Blaze afirmou que teve um grande aprendizado. Segundo ele, a experiência foi essencial para a consolidação de sua carreira solo. "No X Factor foi predominante o trabalho do Steve Harris e de Janick Gers. Tenho orgulho de ter contribuído bastante em "Man on the Edge", que foi uma canção marcante na época. Já no "Virtual XI" me aproximei de Dave Murray. O trabalho de promoção do disco foi bem interessante. Tivemos a oportunidade de promover o disco ao lado de grandes astros do futebol mundial. Os dois discos também originaram duas grandes turnês", disse.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O cantor reconheceu também que existem influências do Iron Maiden em seu trabalho atual. "No primeiro disco ("Silicon Messiah") utilizei pela primeira vez o que aprendi com Steve Harris em termos de composição. É impossível não ter o reflexo. São identificáveis influências em trabalhos como "Blood & Belief" e "Promise and Terror", por exemplo".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ao ser questionado se existiu sua participação nas composições do disco "Brave New World" (primeiro trabalho do Iron Maiden após a saída de Blaze), o vocalista se reservou a não comentar. "Prefiro não dizer nada sobre este assunto", declarou.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Show do Iron Maiden pra "pouca gente" é o favorito de Blaze Bayley

Blaze achava que Bruce jamais voltaria para o Iron Maiden

Guitarrista da banda de Blaze Bayley está com câncer incurável

Blaze explica por que o Andre Matos seria uma opção melhor para o Iron Maiden

Bruce Dickinson: ele ficou surpreso quando Blaze Bayley entrou no Iron Maiden

Blaze Bayley: vocalista afirma que pensamento positivo é a chave da sobrevivência

Blaze Bayley: Bruce Dickinson sempre me apoiou quando eu estava no Maiden

The Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenho

Fotos de Infância: Red Hot Chili Peppers


Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina.