Suicidal Tendencies: Muir fala de gangues, Trujillo e RATM

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Glauco Silva, Fonte: Cleveland Scene, Tradução
Enviar Correções  

D.X. Ferris, do Cleveland Scene, conduziu em 2008 uma entrevista com o vocalista Mike Muir, da veterana banda californiana de thrash/punk SUICIDAL TENDENCIES, que falou sobre gangues e ser o único membro original.

Cleveland Scene: Sempre houve rumores de que a banda era filiada a gangues. Algum de vocês era?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Muir: "O mundo é uma gangue. Existem certas palavras que as pessoas usam [para chamar atenção e estigmatizar], tipo 'Oh, oh, oh!'. Para qualquer um que cresceu em Venice, se você não conhecia alguém que estava numa gangue, não conhecia ninguém. Uma coisa não tem nada a ver com a outra".

Cleveland Scene: O que Rob Trujillo trouxe de bom?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Muir: "Robert veio de uma escola diferente. Ele nunca gostou de hard rock. Ele só curtia o SUICIDAL porque era da vizinhança. Algumas pessoas ficaram, tipo, 'Ele não é o cara certo'. E eu respondia 'Mas ele é de longe o melhor baixista'. Aquela era a chance de fazer a banda evoluir. Nem tinha o que pensar".

Cleveland Scene: Durante a época de rap-rock, você gravou com o P.O.D. [banda californiana de rap-rock cristão], mas não gostou do RAGE AGAINST THE MACHINE?

publicidade

Muir: "Acho que falaram algo sobre nós — o Tom [Morello, guitarrista do RATM], manja? Então eu falei o que acho. Acho que muitas vezes um bando de garotos nerds conseguem um público, e gostam do fato de poder falar coisas, e acham que as pessoas realmente se importam. E para mim, isso é totalmente falso. Tipo, cara, eles são mesmo uma banda política revolucionária se a Sony está colocando tanto dinheiro na jogada?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cleveland Scene: Você é o único membro original. O que isso diz a respeito da banda?

Muir: É assim que as coisas são. Não quer dizer nada para mim. Muitas vezes, falo que gostaria de achar alguém que ficasse em meu lugar. Digo isso brincando, mas de um modo sério. Há muito tempo atrás, costumava falar que eu só queria estar na platéia para ver como é.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cleveland Scene: O que o SUICIDAL TENDENCIES representa para você em 2008?

Muir: "Acho que seria um sucesso se as pessoas escutassem e pensassem, 'Vocês têm metal, punk, tudo isso - mas há algo mais. Tem outro jeito de fazer isso'. Se tem algum garoto de 14 anos, não quero que ele só fique tentando tocar como o SUICIDAL. Quero que ele sente ali e diga, 'Sabe uma coisa? Não temos que fazer o que todos estão fazendo. Como podemos fazer algo completamente diferente?' É o que tentamos fazer em cada um de nossos discos. As pessoas deveriam escutar pela primeira vez a falar, 'uau, não era isso que eu esperava'".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicosBlack Sabbath
Avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Led Zeppelin: Perguntas e Respostas sobre a bandaLed Zeppelin
Perguntas e Respostas sobre a banda


Sobre Glauco Silva

36 anos, solteiro, estudou Linguística e Engenharia de Alimentos na UNICAMP. Tem sua sobrevivência (CDs, cigarro e cerveja) garantida no trabalho em uma multinacional. Iniciado no Metal em 1988, é baixista/vocal do LACONIST (Death Metal) e acredita fielmente que o SARCÓFAGO é a melhor banda do universo.

Mais informações sobre Glauco Silva

Mais matérias de Glauco Silva no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 WhiFin Cli336 Cli336 Cli336